PUBLICIDADE
Notícias

Israel pode ser 'laboratório tecnológico' para a China

10:29 | 09/05/2013

Israel pode chegar a ser um "laboratório de pesquisa e desenvolvimento" para a China, declarou nesta quinta-feira, em Pequim, o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, ao ser recebido pelo presidente chinês Xi Jinping no Palácio do Povo.

"Sua visita já frutífera", declarou Xi, acrescentando que a China "dá uma grande importância às relações com Israel".

"A China é uma grande potência mundial em muitos domínios e Israel é um centro de tecnologia mundial", declarou Netanyahu, que realiza uma visita de cinco dias.

Netanyahu, que se encontra na China desde segunda, visitou nesta quinta a Grande Muralha, um compromisso protocolar e inevitável para os dirigentes estrangeiros.

China e Israel restabeleceram relações diplomáticas em 1992.

A última visita de um dirigente israelense à China foi em 2007, quando Ehud Olmert era primeiro-ministro.

AFP

TAGS