PUBLICIDADE
Notícias

Novo rei da Holanda Willem-Alexander presta juramento

O jovem rei deve adotar um estilo mais descontraído do que o de sua mãe

11:05 | 30/04/2013

AMSTERD¥, 30 Abr 2013 (AFP) - Willem-Alexander, de 46 anos, prestou juramento nesta terça-feira como novo rei da Holanda e mais novo soberano da Europa, após a abdicação de sua mãe, a rainha Beatrix, em um evento celebrado por milhões de holandeses.

O rei Willem-Alexander, com um cachecol laranja e azul, as cores da monarquia, e vestido com um manto cujas bordas foram revestidas com arminho, e a Rainha Maxima, usando um vestido de renda azul e uma tiara que o rei William III ofereceu a sua esposa Emma, cantaram com os convidados presentes o hino nacional.

Ante os Estados Gerais, as duas câmaras do Parlamento reunidas na medieval Nieuwe Kerk (Igreja Nova), a poucos passos do Palácio Real, o rei jurou solenemente defender a Constituição e "proteger os direitos de todos os residentes na Holanda".

O rei agradeceu a sua mãe, agora princesa Beatrix, pela educação recebida e por seu reinado.

Beatrix, sentada na primeira fila com a princesa herdeira Catharina-Amalia, de 9 anos, e suas duas irmãs, estava visivelmente emocionada.

[SAIBAMAIS 1]

"Obrigado pelos belos anos em que pudemos tê-la como rainha", disse o rei, antes da multidão aplaudir a antiga soberana.

"Cada soberano tem o seu papel a cumprir, e há uma pessoa diferente para cada tempo diferente", disse, pouco antes dos membros do Parlamento prestarem sermão.

"Viva o rei", soou, ao que a assembleia respondeu "Hourra! Hourra! Hourra!".
Além dos parlamentares, os príncipes e princesas herdeiros da elite europeia, assim como o ex-secretário-geral das Nações Unidas Kofi Annan e o presidente do Comitê Internacional Olímpico, Jacques Rogge, assistiram a cerimônia.

Beatrix já havia se emocionado ao assinar a ata de abdicação em uma sala do palácio real, localizado na Praça do Dam, no centro de Amsterdã.

Diante de 25.000 pessoas, vestidas de laranja, presentes no local Beatrix declarou: "Estou feliz e grata por poder apresentar a vocês seu novo rei, o rei Willem-Alexander".

A polícia chegou a deter dois republicanos que agitavam um cartaz escrito "Eu não sou um sujeito", antes de levá-los a um local autorizado para manifestar.

Willem-Alexander é o primeiro homem a assumir o trono da Holanda nos últimos 123 anos e, ao lado da esposa, formará o casal real mais jovem das monarquias ocidentais.

Willem-Alexander, uma nova geração

Beatrix declarou ao assinar a ata de abdicação que desta forma "dá lugar a uma nova geração".

Willem-Alexander representa, de fato, uma nova geração de monarcas, cuja a idade média é atualmente de 71 anos.

O jovem rei deve adotar um estilo mais descontraído do que o de sua mãe: em uma entrevista transmitida pela televisão estatal, duas semanas antes de sua entronização, ele afirmou que quer ser um "rei do século XXI", conciliando tradição e modernidade, e, sobretudo, não um "fetichista do protocolo".

O papel do monarca mudou desde a criação em 1815 do Reino dos Países Baixos, até então uma república.

Mais de um milhão de visitantes, todos vestidos de laranja, a cor da família real, o Orange-Nassau, são esperados nas ruas de Amsterdã.

Alguns passaram a noite na Praça Dam, para ver a família real na varanda. Após a breve aparição, a multidão dispersou-se, muitas pessoas foram à Praça do Museu para assistir a shows ou ao longo dos canais, onde palcos foram preparados para receber DJs e músicos.

Dezenas de embarcações transportando os foliões começaram a circular sobre os famosos canais. Música alta, dança, cerveja, os festeiros optaram principalmente pela vestimenta laranja, embora outros barcos tenham adotado por temas, um deles, por exemplo, se encheu de pessoas vestidas como animais.

"O blá-blá-blá do protocolo está quase terminado, então podemos começar a festa", disse um jovem à AFP em um grande barco em que trinta pessoas dançavam ao som de música techno.
Às 19h30 (14h30 no horário de Brasília), os 17 milhões de holandeses serão convidados a cantar em coro o "Koningslied", a canção do rei, criada especialmente para a ocasião e muito criticada por sua mistura improvável de estilos, música popular e rap, apoiada por uma letra simplista.
Este dia histórico para os holandeses, será marcado ainda pela ausência do pai da agora rainha Maxima, Jorge Zorreguieta, devido ao seu papel polêmico durante a ditadura argentina, e do irmão mais novo de Willem-Alexander, o príncipe Friso, em coma desde um acidente de esqui em fevereiro de 2012.

TAGS