PUBLICIDADE
Notícias

Wikipedia perde editores, segundo estudo

19:46 | 04/01/2013

O Wikipedia, um dos maiores sites do mundo na internet, está perdendo muitos editores em língua inglesa, o que reduz sua força como uma fonte de conhecimento online, revela um estudo.

A pesquisa, chefiada por Aaron Halfaker, da Universidade de Minnesota, descobriu que o número de "colaboradores" ou editores voluntários diminuiu de 56.000 em 2007 para 35.000 no final de 2012.

A investigação concluiu que isto se deve a várias razões, que incluem o aumento de programas automáticos (bots), mas também apontou para o desânimo dos possíveis colaboradores com a estrutura da página.

"As diversas mudanças realizadas pela comunidade Wikipedia para melhorar a qualidade e a consistência frente ao crescimento maciço da participação ironicamente reduziram o crescimento que estavam desenhados para gerir", escreveu o pesquisador na semana passada na publicação American Behavioral Scientist.

"Especificamente, as restrições dos controles de mecanismos primários da qualidade da enciclopédia e as ferramentas usadas para rechaçar as contribuições são algumas causas chave que diminuíram a retenção dos recém-chegados", afirmou.

Os pesquisadores afirmam que enquanto o Wikipedia tentou extirpar os editores menos competentes, suas regras também desanimaram os "recém-chegados deseáveis" que se desmotivam quando suas contribuições atrasam.

O Wikipedia tem edições em 285 línguas. Seu fundador, Jimmy Wales, mencionou a necessidade de fazer com que o Wikipedia seja mais aberto aos recém-chetados para acompanhar o ritmo da grande quantidade de informação que está tentando processar.

Mas os autores do estudo afirmaram que o Wikipedia está sendo prejudicado pelas regras para melhorar a qualidade.
"O Wikipedia mudou desde 'a enciclopédia que qualquer um pode editar' para 'a enciclopédia que qualquer um que entende as regras socializa, se atreve a encarar o muro impessoal do repúdio semiautomático e ainda assim quer contribuir voluntariamente com sua energia e em seu tempo livre e pode editar", concluíram.

TAGS