PUBLICIDADE
Notícias

União Europeia quer mudanças no formato de buscas do Google

10:09 | 11/01/2013
Comissão Europeia ameaça multar a multinacional da internet, caso não sejam apresentadas propostas para modificar o sistema de buscas. A suspeita é de que a empresa desvie o tráfego dos internautas. O comissário da União Europeia (UE) para assuntos de Concorrência, Joaquín Almunia, ameaçou multar o Google, caso não sejam alteradas as configurações de busca online da empresa. "Ainda estamos investigando, mas a minha opinião é de que o Google está desviando o tráfego", disse Almunia, segundo declarações publicadas pelo jornal Financial Times nesta quinta-feira (10/01). A Comissão Europeia acredita que os internautas estejam sendo induzidos a abrir apenas links de parceiros do Google. Outra suspeita é de que a página bloqueia rivais, como a Microsoft, e copia conteúdos de sites de restaurantes e viagens sem permissão. O Google está sendo investigado pela UE desde 2010. Agora foi dado o prazo de um mês, a partir de 18 de dezembro de 2012, para que a empresa apresente propostas de mudança. Se não houver acordo entre ambas as partes, a multa aplicada poderá ser de até 10% do lucro da multinacional, que hoje controla 70% do mercado de buscas na internet. "Nós continuamos trabalhando em cooperação com a Comissão Europeia", disse o porta-voz do Google, Al Verney. Almunia declarou ao Financial Times que preocupa-se apenas com "a maneira como o Google apresenta os próprios serviços" e que "não estava discutindo o algoritmo" a fórmula secreta por trás do motor de busca. Na semana passada, o Google também foi investigado nos Estados Unidos sob suspeita de controlar as pesquisas dos norte-americanos. O organismo anticartel FTC disse, porém, não ter encontrado evidências suficientes. Na Europa, as investigações continuam. MC/afp/rtr Revisão: Luisa Frey

TAGS