PUBLICIDADE
Notícias

Produtor de cinema indiano é acusado de estuprar atriz

06:00 | 16/01/2013
AFP
AFP

Um produtor de cinema indiano comparecerá nesta quarta-feira perante um tribunal depois de ter sido preso, acusado de estuprar uma atriz para quem havia prometido um papel em seu próximo filme, indicou a polícia.

Ramesh Singh, de 49 anos, foi detido na terça-feira depois que esta mulher denunciou à polícia de Mumbai a suposta agressão sexual, de acordo com um oficial da delegacia de polícia de Oshiwara, no norte da cidade.

"Ele prometeu a ela um papel em seu próximo filme e a chamou para ler o roteiro em voz alta. Mostrou o roteiro a ela e trancou o quarto", disse o policial, que pediu o anonimato.

"Ele disse a ela que se sentasse na cama porque havia uma 'cena de cama' e ela se assustou. Correu para o banheiro e fechou a porta. Ele conseguiu abrir a porta e ela disse que então a estuprou", acrescentou.

O jornal Indian Express afirmou que Singh é um produtor de filmes em língua marathi. Os filmes de Bollywood, realizados no idioma hindi, dominam a indústria cinematográfica de Mumbai.

Os crimes sexuais contra as mulheres na Índia ocupam atualmente o primeiro plano, após o recente estupro coletivo de uma estudante de 23 anos em um ônibus em Nova Délhi, que faleceu devido aos ferimentos sofridos.

Este caso comoveu a opinião pública e desencadeou diversas manifestações em todo o país exigindo leis mais severas para castigar os estupradores.

 

AFP

TAGS