PUBLICIDADE
Notícias

Onze mortos em atentado no sudoeste do Paquistão

09:37 | 10/01/2013

Uma bomba atingiu um veículo das forças de segurança do Paquistão nesta quinta-feira, matando 11 pessoas e ferindo outras dezenas em uma parte movimentada da cidade de Quetta, informaram fontes oficiais.

"Guardas fronteiriços foram os alvos porque a bomba foi colocada sob o seu veículo", disse o investigador da polícia Hamid Shakeel.

Ainda não está claro quem realizou o ataque.

Quetta é a capital da província do Baluchistão, uma das partes mais pobres do Paquistão, que sofre com uma militância islamita, com uma insurgência separatista e violência sectária.

"De acordo com nossas informações, 11 pessoas foram mortas e 27 ficaram feridas na explosão. Seremos capazes de informá-los em algum tempo sobre o tipo de dispositivo utilizado, mas ocorreu em um local movimentado", disse o chefe da polícia de Quetta, Mir Zubair Mehmood.

O oficial Abdul Razzaq disse que a bomba, embalada com 20 a 25 kg de explosivos, foi detonada por controle remoto.

Redes de televisão transmitiam imagens do local, com vítimas sendo retiradas de maca, veículos muito danificados e sobreviventes vasculhando os escombros.

Este foi o pior ataque no Baluquistão desde que um carro-bomba matou pelo menos 19 peregrinos muçulmanos xiitas que se dirigiam ao Irã no distrito de Mastung, 30 km ao sul de Quetta, no dia 30 de dezembro.

Os xiitas representam cerca de 20% da população de 180 milhões do país e ativistas de direitos humanos alegam que eles são cada vez mais perseguidos por facções extremistas sunitas.

 

AFP

TAGS