PUBLICIDADE
Notícias

Depardieu não comparece a audiência e pode ser preso

18:08 | 08/01/2013
Em apenas três dias, o ator francês Gérard Depardieu, de 64 anos, teve um encontro com o presidente russo Vladimir Putin e recebeu a cidadania russa, assistiu a uma cerimônia de gala do futebol na Suíça e viajou a Montenegro, nos Bálcãs, para visitar possíveis propriedades que poderá comprar. Mas Depardieu não compareceu nesta terça-feira a um tribunal em Paris onde ocorreu uma audiência na qual é acusado de dirigir embriagado uma scooter. O advogado de Depardieu, Eric de Caumont, disse que seu cliente não pôde comparecer à audiência porque está em viagem profissional.

Se não comparecer a uma segunda audiência que ainda será marcada, Depardieu poderá perder a carteira de motorista e ser sentenciado a até dois anos de prisão, além de ficar sujeito a pagar multa de � 4,5 mil.

"Eu não estou fugindo da Justiça. Eu sou francês e voltarei para a França", disse Depardieu, que nesta terça-feira teve uma reunião com o primeiro-ministro de Montenegro, Milo Djukanovic. "Eu não sou um colecionador de passaportes, sou um cidadão da Europa e espero ser um cidadão do mundo", disse Depardieu, exibindo seu passaporte russo recém-adquirido. "Eu não devo nada ao governo francês", afirmou o ator.

Depardieu é contra o novo regime fiscal francês defendido pelo presidente François Hollande, o qual prevê que os franceses que ganham acima de � 1 milhão por ano paguem 75% de imposto de renda. A suprema corte francesa derrubou em dezembro o novo regime fiscal, mas Depardieu disse que mesmo assim poderia deixar o país. Em 29 de novembro do ano passado, Depardieu dirigia sua moto perto de Paris quando caiu. Os policiais que atenderam a ocorrência, na qual ninguém ficou ferido, disseram que o ator estava bêbado. Em meados de dezembro, Depardieu disse que a França que ele amava "não existe mais".

"Estou indo embora porque vocês acreditam que o sucesso, a criatividade e as diferenças precisam ser punidas", ele escreveu. "Eu não apedrejaria gente que tem colesterol alto, hipertensão, diabete ou muito álcool no sangue, ou então porque dorme no volante. Eu sou uma dessas pessoas", disse o ator. Depardieu afirma que perdeu o controle da scooter porque dormiu enquanto guiava.

"Ele é muito temperamental e age por impulso. Acho que ele está profundamente infeliz", disse a ex-esposa do ator, Elisabeth Depardieu. "Ao deixar (a França) eu acho que ele não percebeu exatamente o que estava fazendo", disse.

As informações são da Associated Press.

TAGS