PUBLICIDADE
Notícias

Censura chinesa corta 40 minutos do filme "A Viagem"

14:47 | 23/01/2013
NULL
NULL
PEQUIM, 23 Jan 2013 (AFP) - As autoridades chinesas cortaram 40 minutos do filme "A Viagem" (Cloud Atlas), de coprodução americana e alemã, divulgou nesta quarta-feira a imprensa estatal.

O anúncio foi feito após os cortes sofridos pelo mais recente filme de James Bond, "007 - Operação Skyfall", que provocaram a frustração do público e até mesmo críticas indiretas da imprensa oficial.

O filme "A Viagem" tem duração de 172 minutos na sua versão original, porém foi encurtado para pouco mais de duas horas após passar pela censura da Administração Estatal chinesa para Rádio, Cinema e Televisão (SARFT).

Os agentes da SARFT não foram localizados para comentar a informação.

A codiretora do longa, Lana Wachowski, acredita que o filme pode ser visto na sua versão original pela internet.

A pirataria é comum na China e a versão completa já registrou milhares de downloads.
Algumas das cenas excluídas eram de nudez, noticiou a imprensa local.

O longa entrelaça seis histórias ao longo de vários séculos, de um diário de 1849 de uma viagem oceânica pelo Pacífico até um clone rebelde numa Coreia futurista.

As regras de censura na China não são claras e as razões dos cortes também não são explicadas. São poucos os filmes que escapam ilesos dos censores chineses.

TAGS