PUBLICIDADE
Notícias

15 mortos em atentado na universidade da cidade síria de Aleppo

Militantes anti-regime afirmam se tratar de um bombardeio aéreo, enquanto uma fonte militar garante que a explosão foi provocada por um míssil terra-ar disparado pelos rebeldes que erraram seu alvo atingindo o campus

10:31 | 15/01/2013
AFP
AFP

Ao menos 15 pessoas foram mortas e dezenas de outras ficaram feridas em uma explosão nesta terça-feira na Universidade de Aleppo, no norte da Síria, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Pelo menos quinze pessoas morreram e dezenas de outras ficaram feridas na explosão na Universidade de Aleppo", a oeste da cidade, indicou esta organização, que conta com uma grande rede de ativistas e médicos na Síria.

A televisão estatal síria informou um "ataque terrorista na Universidade de Aleppo", evocando "vítimas".

A causa da explosão ainda não foi esclarecida. Militantes anti-regime afirmam se tratar de um bombardeio aéreo, enquanto uma fonte militar garante que a explosão foi provocada por um míssil terra-ar disparado pelos rebeldes que erraram seu alvo atingindo o campus. Outras fontes relatam um carro-bomba.

A universidade está localizada em uma área controlada pelo Exército. A cidade esta dividida desde julho entre os rebeldes, que ocupam o norte, e militares pró-regime.
A explosão danificou a Faculdade de Belas Artes e de Arquitetura, segundo estudantes. Apesar dos confrontos, a Universidade de Aleppo abriu suas portas em meados de outubro.

 

AFP

TAGS