PUBLICIDADE
Notícias

Sobe para 26 número de mortos no Haiti por passagem do furacão Sandy

Mais de 17.000 pessoas foram levadas para abrigos provisórios montados pelas autoridades, que temem uma intensificação da epidemia de cólera no país

17:28 | 26/10/2012

PORTO PRÍNCIPE, 26 Out 2012 (AFP) - O furacão Sandy, que ameaça atingir com força a costa nordeste dos Estados Unidos, deixou 26 mortos no Haiti, onde quatro pessoas permanecem desaparecidas, segundo uma nova contagem ainda "parcial" apresentada nesta sexta-feira pelas autoridades haitianas.

Em um registro anterior, a Defesa Civil haitiana havia indicado a morte de 16 pessoas.
Entre as vítimas, doze pessoas morreram no sul do país, a maioria tentando atravessar rios.
No oeste, oito vítimas foram localizadas, entre elas cinco membros de uma mesma família (a mãe e seus quatro filhos) que morreram no desabamento de uma casa na cidade de Grand-Goave, a cerca de 50 quilômetros de Porto Príncipe.

No sudoeste, o registro no momento é de seis mortos.

"Com as dificuldades de comunicação, as informações das regiões mais distantes chegam a nós horas depois. Este registro é ainda parcial", ressaltou à AFP Alta Jean-Baptiste, diretora da Defesa Civil no país.

Mais de 17.000 pessoas foram levadas para abrigos provisórios montados pelas autoridades, que temem uma intensificação da epidemia de cólera no país.

Nesta sexta, o governo decretou feriado para facilitar os trabalhos após a passagem do fenômeno climático.

O presidente do Haiti, Michel Martinelly, e o primeiro-ministro, Laurent Lamothe, colaboraram com a distribuição de ajuda nos bairros mais afetados de Porto Príncipe.

TAGS