PUBLICIDADE
Notícias

Gelo do Ártico registra seu nível mais baixo

O gelo do mar Ártico se expande e se contrai sazonalmente. As imagens do satélite mostram que as placas se reduziram até 3,4 milhões de quilômetros quadrados

15:41 | 19/09/2012
NULL
NULL

WASHINGTON, 19 Set 2012 (AFP) - A superfície das placas de gelo do Ártico registrou seu nível histórico mais baixo, muito abaixo do recorde anterior de 2007, anunciou nesta quarta-feira, 19, o Centro Nacional da Neve e do Gelo dos Estados Unidos (NSIDC, por sua sigla em inglês).

As imagens do satélite mostram que as placas se reduziram até 3,4 milhões de quilômetros quadrados em 16 de setembro, o que parece ser o registro mais baixo ao longo deste ano, especifica o NSIDC, em seu site.

"Estamos agora em um território inexplorado", disse o diretor do centro, Mark Serreze em um comunicado.

"Se, por um lado, sabemos há muito tempo que, com a temperatura do planeta aumentando, as mudanças serão vistas primeiro e de forma mais pronunciada no Ártico, poucos de nós estamos preparados para saber a rapidez com que as mudanças estão, de fato, ocorrendo."

O gelo do mar Ártico se expande e se contrai sazonalmente, com sua menor extensão em setembro.

Contudo, o mínimo este ano foi atingido no final de um verão, que já tinha visto as superfícies de gelo atingirem níveis recordes no dia 26 de agosto e, novamente, no dia 4 de setembro.
Os satélites registram o crescente e o minguante do Ártico há 33 anos.

TAGS