PUBLICIDADE
Notícias

AFP - Líderes do partido de Merkel criticam demissão de ministro

O presidente do Bundestag, Câmara Baixa do Parlamento alemão, Nobert Lammert, também da CDU, considerou "lamentável" a decisão para o partido

08:07 | 18/05/2012

BERLIM, 18 Mai 2012 (AFP) - Vários líderes do partido conservador (CDU) da chanceler alemã Angela Merkel manifestaram descontentamento nesta sexta-feira após a decisão repentina da chefe de Governo de demitir um ministro, considerado o grande perdedor das recentes eleições regionais.


O ministro do Meio Ambiente, Norbert Rottgen, passou, em poucas horas, da esperança das Uniões Cristãs para a posição de único responsável pela derrota nas eleições regionais de Renania do Norte-Westfalia.


"Foi muito rápido", afirmou um dos caciques da CDU, Wolfgang Bosbach, ao jornal Suddeutsche Zeitung.


"Os erros de Rottgen não são os únicos motivos do desastre eleitoral", completou Bosbach, que pediu cabeça fria na análise da derrota histórica da CDU.


O presidente do Bundestag, Câmara Baixa do Parlamento alemão, Nobert Lammert, também da CDU, considerou "lamentável" a decisão para o partido.


Merkel anunciou na quarta-feira, de forma surpreendente, a substituição de Rottgen por Peter Altmaier, um dos líderes da bancada parlamentar conservadora no Bundestag.

TAGS