PUBLICIDADE
Notícias

AFP - Flórida executa homem que matou seis mulheres

07:11 | 13/04/2012
WASHINGTON, 13 Abr 2012 (AFP) - Um americano foi executado na noite de quinta-feira na Flórida, depois de admitir que estuprou e assassinou, nos anos 80, duas mulheres e quatro adolescentes, além de ter esquartejado algumas vítimas. David Alan Gore, de 58 anos, que passou quase 30 anos no corredor da morte, foi declarado morto às 18H19 locais (19H19 de Brasília) por injeção letal. Executado após todas as possibilidades de apelação - incluindo uma apresenta à Suprema Corte americana -, Gore havia recebido a visita da mãe e da ex-esposa. Gore admitiu ter assassinado quatro adolescentes e duas mulheres em Vero Beach, Flórida, mas foi condenado a morte pelo assassinato de uma jovem de 17 anos, Lynn Elliott, que havia tentado escapar, em 26 de julho de 1983. Ele deidicou as últimas palavras, entre outros, aos pais de Lynn Elliott. "Eu queria dizer ao senhor e a senhora Elliott que sinto muito pela morte de sua filha", disse, de acordo com uma transcrição divulgada pelo serviço penitenciário.

TAGS