PUBLICIDADE
Notícias

AFP - Governo espanhol prevê um desemprego de 24,3% em 2012

11:07 | 02/03/2012

MADRI, 2 Mar 2012 (AFP) - O governo espanhol prevê que a taxa de desemprego suba em 2012 a 24,3% em 2012, superior aos 22,85% registrados em 2011, anunciou nesta sexta-feira o ministro da Economia, Luis de Guindos, depois da reunião semanal do conselho de ministros.

"Como consequência de tudo que aconteceu, há um impacto no mercado de trabalho de tal forma que a taxa de desemprego como média da EPA (Pesquisa da População Ativa, NDLR) é de 24,3%", afirmou De Guindos, depois de ser anunciada uma queda do crescimento da economia espanhola de 1,7% del PIB para o presente ano.

A previsão do executivo supõe que a economia espanhola destruirá 630 mil postos de trabalho a mais durante o ano, depois que nesta sexta-feira foi divulgado que o desemprego superou em fevereiro o número de 4,7 milhões de pessoas.

"É um número absolutamente inviável e este é o principal incentivo que o governo tem para implementar as reformas", insistiu De Guindos.

O governo conservador de Mariano Rajoy aprovou no dia 10 de fevereiro uma nova reforma para flexibilizar o mercado de trabalho, incluindo uma diminuição das indenizações por demissões e medidas para estimular o emprego de jovens, provocando uma onda de manifestações em todo o país.

No entanto, o próprio Rajoy já advertiu que esta reforma não produzirá efeitos no curto prazo devido às situações econômicas da Espanha e da Europa, embora "esteja assentando as bases para criar empregos".

 

TAGS