Participamos do

Aniversário de Fortaleza: festa no Aterro da Praia de Iracema gera satisfação do público

Prefeitura elaborou plano operacional para o evento englobando áreas como segurança e mobilidade
00:01 | Abr. 14, 2022
Autor Lara Vieira
Foto do autor
Lara Vieira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A comemoração do aniversário de Fortaleza, suspensa desde 2020 por conta da Pandemia de Covid-19, voltou a ser realizada de forma presencial. A festa é realizada nesta quinta-feira, 13, no Aterro da Praia de Iracema e a entrada é gratuita. No local, a equipe do O POVO colheu depoimentos de participantes sobre a festividade que, em sua maioria, se mostraram satisfeitos com a organização do evento.

Presente no Aterro da Praia de Iracema, o prefeito José Sarto declarou a felicidade de comemorar o aniversário da Capital, após a pandemia, como gestor da cidade. "Estar aqui hoje, celebrando essa virada de chave, esse momento dos 296 anos de Fortaleza, abraçando Fortaleza, agradecendo a Fortaleza. Hoje prestigiando aqui a prata da casa, os artistas. O Fagner, que é daqui da terra. Para mim é uma alegria muito grande. (Quero) aproveitar para parabenizar a você, fortalezense", dedica Sarto.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O empreendedor Saulo Pessoa, que compareceu ao evento, conta a experiência de prestigiar o aniversário da Capital, após o período de Pandemia. "Como um bom cearense, a gente está tirando esse mofo de dois anos. É uma sensação muito boa de retomada. De criar esperança de que as coisas possam voltar a ser melhores. Que a gente possa respirar de uma forma mais tranquila. É como se fosse, a cada dia, um novo réveillon", conta o participante.

Retomada a grandes eventos públicos traz felicidade para os fortalezenses
Retomada a grandes eventos públicos traz felicidade para os fortalezenses (Foto: Leonardo Maia/O POVO)

Este ano, a Prefeitura de Fortaleza montou um plano operacional englobando as áreas de segurança, limpeza, mobilidade e saúde. O serviço do SAMU foi iniciado por volta das 17 horas, uma hora antes do início da programação e se estende até uma hora após do evento. A festa conta com uma estrutura montada que engloba sala de pequenas cirurgias; sala de medicação, internamento e avaliação rápida; e sala de parada ou estabilização.

Também foi disponibilizado uma UTI móvel, para transferências, e um carro para eventos básicos. De acordo com Edcleidson Fragoso, coordenador de eventos do SAMU, a unidade apresenta fluxo tranquilo. "Tivemos apenas um atendimento por embriaguez. A maioria é de dores de cabeça ou por desidratação, por estarem desde cedo na praia", relatou o coordenador em balanço parcial por volta das 21h30min.

Saulo e seu grupo de amigos chegaram por volta das 19h30min na praia. Segundo ele, tanto o trânsito local, como a organização do espaço, foram satisfatórios. O participante ressalta que foi realizada a cobrança do passaporte vacinal na entrada com agilidade no atendimento ao público. "Nenhuma fila. Houve a divisão (na entrada do público no evento) e isso evita de o espaço estar aglomerado, de ficar esperando muito tempo. A organização, em geral, está de parabéns. Bem diferente de festas que a gente teve a dois anos atrás, aqui na praia", relata o empreendedor, que garantiu a presença até o final do evento para prestigiar a apresentação do cantor cearense Fagner.

Cantor Fagner é a atração mais aguardada pelo público da noite
Cantor Fagner é a atração mais aguardada pelo público da noite (Foto: Leonardo Maia/ O POVO)

O motorista de aplicativo Daniel da Silva Soares, de 40 anos, aproveitou a noite para um passeio em família. Segundo ele, é muito bom ver a economia local se reerguendo, principalmente no setor de eventos. "A pandemia prendeu muito as pessoas, o que era necessário para reduzir a contaminação. A economia do país estava parada e com a volta de shows a movimentação começou a fluir, tanto que tem várias pessoas aqui no Aterro", pontua Daniel.

Tendo como principal atração o cantor, compositor e instrumentista Raimundo Fagner, a comemoração dos 296 anos da Capital também conta com os artistas locais Bárbara Sena, Maria Antonia, Camila Marieta, Navire, Nayra Costa e Selvagens à Procura da Lei.

Com informações do repórter Leonardo Maia

Conteúdo sempre disponível e acessos ilimitados. Assine O POVO+ clicando aqui

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
1