Participamos do

Metrofor realiza pesquisa de origem e destino na primeira quinzena de janeiro

Com os dados, a companhia pretende aperfeiçoar a operação do sistema, assim como formular estratégias para realizar integração tarifária com outros modais
23:52 | Jan. 04, 2022
Autor Leonardo Maia
Foto do autor
Leonardo Maia Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Metrofor fará nesta primeira quinzena de janeiro uma pesquisa de origem e destino. Focada nas estações da Linha Sul, os pesquisadores irão convidar os passageiros para participarem do levantamento. A intenção é identificar as principais estações de origem e destino dos usuários e as principais razões de deslocamento — trabalho, estudo ou lazer.

Os pesquisadores ainda querem identificar os principais modos que os passageiros usam para fazer integração e sair ou chegar das estações do sistema (bicicleta, ônibus, veículos particulares ou por aplicativo). Dados que traçam o perfil social, como sexo, idade e nível de renda, também serão coletados durante o estudo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Conforme o presidente do Metrofor, Igor Ponte, as informações coletadas devem servir de base para melhorar a operação do modal ao longo do ano. “Também será útil no planejamento da gestão do sistema metroviário a longo prazo, fornecendo base para formulação de estratégias como a integração tarifária da Linha Sul com outros sistemas de transporte”, enfatiza.

A demanda pela integração entre o Metrofor e os ônibus de Fortaleza já é antiga e se arrasta desde 2014, quando foram iniciadas as operações comerciais do metrô. No início de 2020, o então prefeito Roberto Cláudio anunciou que o processo seria concretizado até o fim do ano, mas isso não aconteceu.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags