Participamos do

Canção "Geandra" leva prêmio máximo do Festival da Música de Fortaleza

Composição de Enrico Di Miceli e Joãozinho Gomes, interpretada por Ariel Moura, foi premiada com R$ 40 mil
22:28 | Dez. 04, 2021
Autor Luciano Cesário
Foto do autor
Luciano Cesário Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Teatro São José foi palco da grande final da 4ª edição do Festival da Música de Fortaleza, realizada na noite deste sábado, 4. A canção "Geandra", de autoria dos músicos Enrico Di Miceli e Joãozinho Gomes, com interpretação de Ariel Moura, foi eleita campeã da competição, faturando o prêmio máximo de R$ 40 mil.

Foram classificados em 2° lugar, com prêmio de R$ 12,6 mil, Shirley Diógenes e Edinho Vilas Boas, com a música "É Osso". A terceira posição, fechando o pódio, ficou com Pedrinho Calado e Paulinho Pedra Azul, com a música "Voz e Violão", interpretada por Marcus Caffé, que vai receber R$ 5,7 mil de premiação. Nayra Costa também ganhou a mesma quantia pela melhor interpretação da canção "Pequeno Planador", cuja composição é de Tiago Araripe. No total, a premiação em dinheiro chega a R$ 57,1 mil. 

Presente no evento, o prefeito José Sarto elogiou o desempenho dos participantes. "Neste evento tivemos uma competição muito boa, que culminou com a união de diferentes ritmos, estilos e pensamentos e gerações. O Festival une novamente os artistas por meio da beleza da música, arte que traduz os sentimentos. Fico feliz de dar continuidade a essa manifestação plural", afirmou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A comissão julgadora da final, formada por Maestro Poty, Adelson Viana (compositor, arranjador e instrumentista), Felipe Adjafre (pianista), Marcos Sampaio (jornalista do O POVO); e Antônio Laudenir (jornalista do Diário do Nordeste) avaliou a originalidade de música e letra, além da qualidade melódica e harmônica das composições.

Marcos Sampaio, que também é editor do Vida & Arte, frisou o alto nível dos concorrentes. "Houve uma grande diversidade de linguagens e de modos de pensar a música. A escolha exigiu sentir como cada música chega na gente, nos deixar emocionar e levar pelas canções", pontuou.

Conforme o titular da Secretaria Municipal de Cultura (Secultfor), Elpídio Nogueira, Fortaleza incluiu o Festival da Música na política cultural da cidade. "Ouso dizer que a iniciativa não se restringe mais à cidade, mas atinge um plano nacional, congregando vários tipos de estilos e intérpretes, desta vez de 23 unidades da federação. A premiação valoriza os artistas que ficaram parados por causa pandemia, e está sendo possível realizar o Festival neste formato semi presencial graças a meta de 85% de pessoas vacinadas atingida", destacou.

Participações 

Este ano, o Festival da Música de Fortaleza chegou à sua 4ª edição. O evento contou com mais de 300 inscrições, provenientes de 23 unidades da federação. Dentre os 30 primeiros selecionados para a semifinal, 12 foram escolhidos pelos jurados para a etapa final após as apresentações eliminatórias na última quinta e sexta-feira, 2 e 3, respectivamente. 

Atualizada em 05/12/2021, às 11 horas

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags