Participamos do

Laboratório oferece exames de glicemia capilar gratuitos neste sábado, 20; saiba mais

Além da realização dos exames, haverá orientações sobre a doença e cuidados de prevenção e tratamento
18:32 | Nov. 19, 2021
Autor Mirla Nobre
Foto do autor
Mirla Nobre Repórter-trainee
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Neste sábado, 20, o Laboratório Emilio Ribas Medicina Diagnóstica vai oferecer, de forma gratuita, exames de glicemia capilar. O serviço ocorrerá das 8 às 11 horas, e irá ocorrer na unidade localizada na avenida Barão de Studart, no bairro Aldeota. A ação faz parte do “Mês de Combate ao Diabetes”, e será destinado às pessoas que já possuem a doença com intuito de realizar um monitoramento da glicemia. Cerca de 200 exames serão realizados na ação.

O exame trata-se da realização do teste sanguíneo, quando é coletado uma quantidade de sangue para avaliação da glicemia. O resultado do exame é imediato e revela a concentração de glicose nos vasos capilares da polpa digital. É o que explica a médica endocrinologista e coordenadora médica do Laboratório, Milena Teles. “A pessoa escolhe o dedo para fazer a picada e uma gota de sangue é coletada na fita, onde essa fita será lida pelo o aparelho do exame. Em poucos segundos, você já tem a estimativa de quanto está a glicose do capilar”, explica a profissional.

No serviço, as pessoas interessadas precisarão apenas se encaminhar até a unidade do laboratório responsável pela ação. Não haverá exigência de documentação, apenas que a pessoa informe que possui a doença, já que o exame é direcionado para esse público. O exame não é para fins diagnóstico, ou seja, para informar se uma pessoa tem ou não diabetes, mas sim com o objetivo de informar a quantidade de glicemia, a fim de que a pessoa tenha consciência do valor e que possa realizar o monitoramento.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA MAIS | 

> > Laboratório lança teste para alertar sobre risco de diabetes tipo 2

>> Campanha alerta sobre riscos do diabetes para a saúde dos olhos

>> Diabéticos podem chegar a 784 milhões no mundo em 2045, estima Instituto Internacional

“O interessante é chamar atenção para a importância da monitorização. É mais para lembrar que quem tem é importante saber como está a glicemia e monitorar, além de fazer os exames periódicos. É mais no sentido de aumentar a conscientização sobre a doença”, destaca a coordenadora médica do Emilio Ribas.

Além da realização dos exames, haverá um serviço que pretende levar conhecimento sobre a doença e cuidados de prevenção e tratamento. As informações sobre a doença ocorrerá logo após a realização dos exames. “Vamos fazer as recomendações de forma geral, mas as pessoas que tiverem resultados muito fora do padrão, vamos reforçar individualmente que o resultado é alarmante e que é interessante procurar um serviço médico”, explica a médica Milena Teles.

Serviço

“Saúde na ponta do dedo” - ação com exames e orientações grátis sobre Diabetes
Quando: sábado, 20 de novembro - de 8 às 11 horas
Onde: avenida Barão de Studart, 1001 - bairro Aldeota - Fortaleza/CE
Mais informações: (85) 3457-2000

Conteúdo sempre disponível e acessos ilimitados. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags