PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Professores realizam ato pela convocação de profissionais da Educação em concursos municipais

Grupo esteve reunido em frente ao Paço Municipal como forma de chamar atenção da Prefeitura de Fortaleza

14:28 | 23/07/2021
Manifestação reuniu profissionais da educação em frente ao Paço Municipal (Foto: Reprodução Whatsapp)
Manifestação reuniu profissionais da educação em frente ao Paço Municipal (Foto: Reprodução Whatsapp)

Um grupo formado por profissionais de educação realizou protesto em prol da convocação de professores que realizaram concursos públicos para os dois últimos editais ofertados em Fortaleza. A manifestação aconteceu em frente ao Paço Municipal, na manhã desta sexta-feira, 23.

Sem previsão da convocação de parte dos profissionais que participaram dos editais 2019/2020 e 2020/2021, o grupo decidiu tentar chamar a atenção dos gestores municipais. A categoria alega que, no último edital, alguns professores que atingiram 50% de acerto na avaliação (percentual que sinaliza aprovação, de acordo com o grupo) não foram sequer convocados para ocuparem a vaga de professores reserva.

"O que nós estamos reivindicando aqui é que a gente entre na lista dos classificados. Estamos fora, estão limitando. No edital diz que são mais de 5 mil vagas e sabemos que a Prefeitura sempre tem muitas vagas", explica Maria Marta Gondim, professora substituta da rede de ensino de Fortaleza.

A também professora da rede municipal, Tatiane Costa Nogueira, alega que o quadro de aprovados ainda não está completo. "Essa seleção de substitutos abriu dois editais, onde o informe foi único de 5.198 vagas. Essas vagas eram para suprir a carência dos professores em Fortaleza. Porém, dessas 5.198, ficaram faltando 790 para cumprir todo o quadro de aprovados", destaca.

LEIA TAMBÉM| Confira como fica o funcionamento dos setores econômicos com novo decreto no Ceará

De acordo com Tatiane, 308 profissionais de educação foram selecionados, mas nem todos tiveram o processo de admissão finalizado para que pudessem iniciar os trabalhos. A professora explica que tentou dialogar com os gestores municipais, mas não obteve resposta.

SME e Imparh

 

De acordo com a Secretaria Municipal da Educação (SME), o caso deve ser tratado com o Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh), já que as questões reivindicadas envolvem assuntos do edital e processo seletivo, sendo o instituto responsável pela seleção.

Em nota, o Imparh informa aos candidatos inscritos na Seleção Pública para Professor Substituto (Editais 19/2021 e 20/2021) que "o resultado final deverá ser publicado em breve. A partir dessa publicação, a Secretaria Municipal da Educação (SME) poderá dar início ao processo de convocação, obedecendo todos os critérios previstos nos Editais citados anteriormente".

O instituto afirmou que zela "pela uniformidade de procedimentos e pelo pronto atendimento a todos os candidatos", e colocou-se à disposição dos candidatos para prestar os esclarecimentos que se fizerem necessários.

LEIA TAMBÉM| 18 pessoas são presas em ofensiva contra crimes e facções em Caucaia