PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Sindicatos da Saúde realizam ações de conscientização e defesa do piso salarial

Profissionais prestaram atendimento à população e seguiram para assembleia sobre debates do piso salarial dos enfermeiros

Marília Freitas
11:20 | 15/06/2021
Mobilização de profissionais da saúde e da educação na manhã desta terça, 15 (Foto: Mônica Damasceno/O POVO CBN)
Mobilização de profissionais da saúde e da educação na manhã desta terça, 15 (Foto: Mônica Damasceno/O POVO CBN)

Sindicatos da área da Saúde e da Educação realizaram mobilizações na manhã desta terça, 15, no Centro de Fortaleza.  A categoria promoveu uma série de atividades de conscientização, além da defesa do piso salarial da categoria da Enfermagem. Após a ação, os profissionais participarão de uma assembleia para debates sobre o piso salarial com enfermeiros.

As ações presenciais aconteceram na Praça do Ferreira. Os profissionais prestaram atendimento à população com a realização de testes de glicemia, aferição de pressão e coletas para exames de sífilis e HIV, além de distribuição de preservativos. De acordo com a organização, todos os sindicalistas presentes estavam vacinados e seguindo protocolos, como o uso de máscaras e álcool em gel. 

Estiveram na ação o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Ceará (Sindsaúde), Associação dos Servidores de Educação do Estado do Ceará (Assec) e Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindfort).

Agora, os integrantes participam de uma assembleia que deve definir os próximos passos na mobilização pela aprovação do Projeto de Lei 2564 - que cria o piso nacional da Enfermagem com jornada de 30 horas semanais. Ainda no Senado, o projeto depende de decisão do Presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM) para ser colocado em pauta para aprovação.

Os profissionais evidenciam o aumento da carga horária de trabalho dos profissionais da Enfermagem e apontam que a categoria foi uma das que mais morreu durante o combate à pandemia. "Por conta dos baixos salários, é muito comum que profissionais trabalhem em vários locais, abrindo mão do descanso para garantir uma renda digna", apontam. 

 

Clique na imagem para abrir a galeria

Profissionais já realizaram carreata silenciosa em maio

 

Entre os dias 15 e 16 de maio, o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Ceará (Sindsaúde/CE) participou de uma carreata silenciosa entre o Hospital e Maternidade José Pinto do Carmo e Unidades de Pronto Atendimento (UPA).