PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Três anos após revelação de estupros e mercado clandestino, 99 anuncia redução de 60% em crimes graves

Crimes como sequestro e roubo diminuíram em 2020 no aplicativo.

12:22 | 08/02/2021
A rede investiu em segurança e inteligência no último ano (Foto: Divulgação 99)
A rede investiu em segurança e inteligência no último ano (Foto: Divulgação 99)

Três anos após O POVO revelar um mercado clandestino online de contas falsas em aplicativos de transporte e caso de estupros em série cometidos por motorista, a plataforma de mobilidade urbana 99 anuncia redução de 57,63% (por milhão de corridas) nos crimes graves envolvendo o aplicativo na Capital. No Ceará, houve queda de 60,79%. Os números são relativos a ocorrências como roubo e sequestro e traduzem novas medidas de segurança adotadas pela plataforma.

LEIA TAMBÉM | Motorista de aplicativo é condenado a 14 anos de prisão por estupro e roubo

A empresa afirma que investiu R$35 milhões em segurança no último ano. A verba foi direcionada para iniciativas como inteligência artificial, ferramentas de proteção, câmeras de segurança e atendimento humanizado.

O POVO revelou com exclusividade os estupros cometidos por motorista
O POVO revelou com exclusividade os estupros cometidos por motorista (Foto: FAC-SÍMILE O POVO 17 DE AGOSTO DE 2018)

Uma dessas propostas é o Assistente de Segurança da 99, que permite ao passageiro observar informações relacionadas ao perfil do motorista antes da chamada. Outro recurso é o monitoramento de câmeras de segurança, que é feito pela empresa nas principais cidades do País, como Fortaleza. A inteligência do aplicativo também é capaz de detectar trajetos longos, acima do previsto, e adotar medidas preventivas.

Leia Mais - Levantamento aponta ao menos 46 estupros em aplicativos de transporte