PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Com auxílio de cão farejador, PM apreende quase 8 kg de maconha e prende três acusados; veja vídeo

A ação ocorreu no bairro Ellery e três pessoas foram presas. No imóvel foram encontradas ainda, duas armas brancas, balança de precisão e acessórios usados pelos traficantes para embalagem da droga

13:55 | 08/02/2021
Cão farejador ajudou a encontrar drogas no bairro Éllery (Foto: Foto: Polícia Militar)
Cão farejador ajudou a encontrar drogas no bairro Éllery (Foto: Foto: Polícia Militar)

A Polícia Militar do Ceará prendeu, em flagrante, na noite deste domingo, 7, no bairro Ellery, em Fortaleza, três pessoas acusadas por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de munição de arma de fogo. Com a ajuda de um cão farejador, foram apreendidas 26 pedras de crack, 22 papelotes de cocaína, 26 gramas de cocaína, 7,7 quilos de maconha, munição de revólver calibre 38 e R$ 3.766,60 em espécie. Também foram encontrados diversos papéis com anotações sobre como faziam a comercialização de drogas.

Os três suspeitos que estavam no local, Maria Lucila de Lima Lemos, 28, Victor Feitosa Vaz, 33, e Keylliane Filgueira Freire, 22, receberam voz de prisão e foram conduzidos ao 34º Distrito Policial, no Centro. 

LEIA MAIS| Jovem é preso com pistola, carro roubado e droga no bairro Vila Ellery

Segundo a Polícia, os policiais receberam uma denúncia de tráfico de drogas em uma casa da rua Raquel Holanda, bairro Ellery. Composições policiais foram ao endereço, por volta das 22 horas de domingo, e realizaram o cerco. Uma das suspeitas, que estava dentro do imóvel, percebeu a ação policial e tentou fugir pelos fundos da casa pulando o muro. Com a presença policial em todo a região próxima, ela desistiu da fuga e facilitou a entrada dos militares na casa.

Durante as buscas, foi encontrada uma pequena quantidade de droga. Suspeitando que poderia haver mais, os PMs solicitaram apoio de uma composição policial com cão farejador. Ao receber o comando, o animal iniciou as buscas e, pouco depois, conseguiu localizar o restante da droga em um cesto de roupa suja, além de munições de calibre 38, no lixo da casa.

No imóvel foram encontradas, ainda, duas armas brancas, balança de precisão e alguns acessórios que costumam ser utilizados por traficantes de drogas, como “sacos de dindim” e fitas adesivas, para embalagem da droga para a venda a varejo.