PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Fortaleza tem 19 trechos próprios para banho; veja quais são

A Leste é o trecho com mais pontos adequados para a recreação primária, com 10 deles. Um dos pontos mais procurados por banhistas, praia da Barra do Ceará, está imprópria

21:28 | 22/01/2021
Vários fatores podem influenciar na qualidade das águas (Foto: Aurelio Alves)
Vários fatores podem influenciar na qualidade das águas (Foto: Aurelio Alves)

Novo boletim de balneabilidade publicado nesta sexta-feira, 22, apresenta 19 trechos próprios para banho em Fortaleza. Através de sua Gerência de Análise e Monitoramento, a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) monitora 32 pontos da capital semanalmente, seguindo o padrão exigido pela Resolução nº 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

LEIA MAIS | Praia dos Crush segue fechada e haverá blitze e mais fiscalização pela Cidade contra aglomerações

A Leste é o trecho com mais pontos adequados para a recreação primária, com 10. Os postos impróprios estão localizados entre os dos Bombeiros 02 e 03, além do posto 11, onde fica o Farol. No trecho Centro, seis pontos estão próprios: eles vão do espigão da Av. Desembargador Moreira, passando pela Volta da Jurema, Inace, até o Aquário, respectivamente. Os postos 12 ao 15, entre a Praia dos Botes, Farol, Volta da Jurema até a foz do Riacho Maceió, estão impróprios.

Terceiro lugar no ranking de balneabilidade adequada, Oeste mostra três postos próprios: entre a Av. Philomeno Gomes até a Rua Padre Mororó; Rua das Goiabeiras até a Rua Lagoa do Abaeté; e entre a foz do Rio Ceará até a Rua das Goiabeiras. A praia da Barra do Ceará, um dos pontos mais procurados dessa região para recreações, está imprópria.

LEIA MAIS | Avenida Leste Oeste recebe novo trecho de ciclovia a partir de segunda, 25

Vários fatores podem influenciar na qualidade das águas, tais como: ligações clandestinas de esgotos, ocorrência de chuvas (que levam sujeira para o mar através das galerias pluviais), condições de maré, presença de animais, disposição inadequada de resíduos sólidos e adensamento urbano próximo.

A recomendação da Semace é de que banhistas confiram o boletim de balneabilidade antes de qualquer recreação ao mar. O material está disponível no site da autarquia ou através do aplicativo Semace Mobile (disponível para Android).