PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Suspeitos de roubo de malotes em supermercado são presos pela Polícia Civil

Roubo aconteceu em junho do ano passado em um supermercado no Papicu

22:28 | 11/01/2021
Imagens de suspeitos de roubo a malote em supermercado de Fortaleza  (Foto: divulgação/Polícia Civil )
Imagens de suspeitos de roubo a malote em supermercado de Fortaleza (Foto: divulgação/Polícia Civil )

Suspeitos de um roubo de malotes em um supermercado no bairro Papicu foram presos na quinta-feira, 7, em Itaitinga. O crime aconteceu em junho do ano passado. Entre os presos está Antônio Michel Cândido da Costa, de 29 anos, que foi detido na quinta-feira, 7. Ele aparece em imagens captadas na investigação como a pessoa responsável por fazer levantamentos sobre o modo de agir do vigilantes do estabelecimento comercial. 

“Eles estiveram uma semana antes, em um dia de sábado, visualizando o comportamento dos vigilantes no momento de fazer o recolhimento do dinheiro, o local onde esses valores ficavam guardados, o trajeto de retorno e onde o carro-forte ficava parado, ou seja, todos os detalhes da ação", disse o delegado titular da DRF, Rommel Kerth.

Ainda de acordo com ele, no dia anterior ao roubo, numa sexta-feira, eles retornaram ao mesmo supermercado, já com outros veículos, e se posicionaram estrategicamente para conferir a melhor localização e melhor ponto de parar o veículo para efetuar a abordagem. "Ou seja, foi uma ação muito bem estudada, tomaram várias precauções para não serem identificados, mas hoje, apesar do tempo, conseguimos identificar todos”, completou o titular da DRF.

LEIA TAMBÉM | Criminosos invadem casa e matam mãe e filha com 24 tiros em Caucaia

A DRF também identificou a participação de Maycon da Costa Cavalcante, 25 anos. O suspeito atualmente se encontra recolhido em uma unidade do sistema prisional e responde por crimes como homicídio, tráfico de drogas, associação para o tráfico, crime de tortura, por integrar organização criminosa e crime de constrangimento ilegal.

Outros envolvidos 

Três dias após o crime, em 30 de junho de 2020, Antônio Alisson Alves Assunção, 22 anos, suspeito de integrar o mesmo grupo, foi morto nas proximidades de um hospital no município situado na Região Metropolitana. “Alá”, como era conhecido, já respondia por tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, roubo e crime de trânsito. Contra ele havia ainda um mandado de prisão por tráfico de drogas.

LEIA TAMBÉM | Apontado como chefe do Comando Vermelho na RMF é solto em audiência de custódia

No dia 3 de julho, outro membro apontado como o chefe do grupo criminoso e o mentor do roubo foi morto. Josivan Gregório do Nascimento, 31 anos, foi baleado junto de seu irmão, Jair Gregório do Nascimento, 28 anos. O crime ocorreu no bairro Barrocão, também em Itaitinga. Josivan já respondia a quatro homicídios consumados, um tentado, além de roubos, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo.

Foragido 

Outros três suspeitos foram identificados e seguem sendo procurados pela Polícia Civil. Um deles é João Vitor Chaves, 21 anos, o “Pirulito”. Contra ele, há dois mandados de prisão, sendo uma temporária por homicídio e outra preventiva por tráfico de drogas. Além de “Pirulito”, os investigadores seguem em busca de outros dois criminosos. Conforme a Polícia Civil, eles não terão as identidades divulgadas para que as investigações não sejam comprometidas.