PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Pároco da Igreja de Nossa Senhora de Fátima pede mais cuidado e vacina para todos

Padre Francisco Ivan de Sousa disse que celebrar o Natal nesse clima de pandemia não é tão fácil, no entanto há uma esperança maior de superar este momento

Mirla Nobre
19:44 | 25/12/2020
A celebração teve início às 17 horas, com público interno e externo respeitando as medidas sanitárias contra a Covid-19, utilizando máscaras e respeitando o distanciamento social (Foto: Júlio Caesar/O POVO)
A celebração teve início às 17 horas, com público interno e externo respeitando as medidas sanitárias contra a Covid-19, utilizando máscaras e respeitando o distanciamento social (Foto: Júlio Caesar/O POVO)

Durante a celebração da Missa de Natal no Santuário Nossa Senhora de Fátima, no bairro de Fátima, nesta sexta-feira, 25, o padre Francisco Ivan de Sousa da Igreja de Nossa Senhora de Fátima, pediu mais cuidados para as pessoas em relação às medidas de proteção da Covid-19. O pároco também pediu para que vacina contra o novo coronavírus chegue logo e para todos.

Em uma mensagem para os fiéis presentes na missa, o padre disse: “Que a vacina chegue logo e chegue para todos. Precisamos ter mais cuidado. Que estejamos vivos, com a graça de Deus. Lembro dos mortos da Covid-19, de outras doenças, e dos aniversariantes". A celebração teve início às 17 horas, com público interno e externo respeitando as medidas sanitárias contra a Covid-19, utilizando máscaras e seguindo o distanciamento social.

Leia Também | Confira a programação de missas de Natal e Ano Novo em Fortaleza e Região Metropolitana

Segundo o padre Ivan, celebrar o Natal nesse clima de pandemia não é tão fácil para a gente. “Todos os protocolos estão sendo seguidos e todas as exigências. O Natal é família e sobretudo o saber. Nós temos uma esperança maior que a gente vai superar isso. A vacina vai chegar e a gente precisa tá vivo, então é preciso ter cuidado”, destaca.

Em relação à conscientização do público, o pároco disse que é um trabalho que já vem sendo feito há muito tempo. “Há muito tempo que a gente vem seguindo os protocolos, como a questão do distanciamento social e ajudando para que todos entendam que a máscara, o álcool em gel, o distanciamento são importantes para que a gente possa superar isso. Aos poucos as pessoas vão assimilando. Hoje a gente já vive de forma mais organizada”, informa.

Leia Também | Tradicional Celebração da Luz é realizada em novo formato por causa da pandemia

Apesar de ocupação da igreja ser limitada em virtude dos protocolos de combate ao novo coronavírus, a presença de fiéis foi intensa na celebração. Para o motorista de aplicativo Sérgio Brito, de 43 anos, hoje foi o dia em que ele sentiu que precisava estar na celebração. “Eu senti hoje que era o dia. Todo dia 13 eu tô aqui assistindo, só que no Natal é difícil eu vir assistir, mas hoje me tocou no coração e eu vim. Apesar da pandemia, tento tá aqui todo dia 13. Mas quando encerrar a missa, vou voltar a trabalhar normalmente”, relata.

Já para a cuidadora de idosos Suzana Pinheiro Nogueira, de 51 anos, o principal motivo de estar na missa é pelo nascimento de Jesus, data celebrada no Natal. “Está aqui representa tudo na minha vida, estar perto de Deus. Aqui eu me sinto muito bem, é o melhor lugar para mim, é a igreja. Todo dia 13 eu estou aqui com a minha mãe, minha companheira eternamente”, disse.

Protocolos

As celebrações ocorrem conforme as normas aplicadas desde agosto pela Arquidiocese de Fortaleza, seguindo o Decreto Estadual. Entre elas, estão: ocupação limitada (a disponibilização de vagas se dá por ordem de chegada); os fiéis devem se sentar em bancos alternados com distanciamento de dois metros, salvo aqueles da mesma família, que podem ocupar o mesmo espaço; para entrar na igreja, o fiel deve usar máscara e aferição de temperatura corporal deve ser feita antes de entrar no local.

Veja fotos da movimentação da missa no Santuário de Nossa Senhora de Fátima

Clique na imagem para abrir a galeria

Com informações do repórter Ítalo Cosme