PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

500 gramas de haxixe são encontradas em carrinho de brinquedo enviado pelos Correios

Mais de meio quilo da droga foi achada por cães detectores de drogas da Polícia Federal dentro de um carrinho

09:25 | 10/12/2020
Cão farejador da PF encontra haxixe dentro de brinquedo enviado pelos Correios (Foto: Foto: Polícia Federal)
Cão farejador da PF encontra haxixe dentro de brinquedo enviado pelos Correios (Foto: Foto: Polícia Federal)

Um total de 582 gramas de haxixe foi encontrado por cães detectores de drogas da Polícia Federal em uma agência dos Correios localizada na BR-116, em Fortaleza, escondido dentro de carrinhos de brinquedos. A droga foi enviada do Rio de Janeiro para a Capital e a apreensão aconteceu quando policiais realizavam fiscalização de rotina, usando cães farejadores que visavam identificar possíveis substâncias entorpecentes distribuídas em encomendas postais.

LEIA MAIS| Cães são treinados para farejar pessoas infectadas pela covid-19

Segundo a PF, um pacote de presente foi apontado pelos cachorros. O objeto suspeito foi separado dos demais e levado à sede da Polícia Federal no Ceará para análise da Perícia. Ao ser procedida a abertura do embrulho, o haxixe foi encontrado dentro de um carro de brinquedo, confirmando a indicação de material suspeito pelos cães.

Desde o início de novembro deste ano, a PF no Ceará vem utilizando cães farejadores com o objetivo de reforçar e auxiliar na fiscalização de combate ao tráfico de drogas no Ceará. Os cães detectores de drogas (CDD), batizados de Dea e Inu, respectivamente fêmea e macho, são das raças pastor alemão e pastor belga malinois e nasceram no canil central da PF em Brasília. Os cães foram adestrados para farejar substâncias ilícitas, ainda que em pequenas quantidades. Inu foi o primeiro a localizar o entorpecente e, em seguida, Dea confirmou a suspeita.

A PF continua diligenciando para identificar a origem, remetente e o destinatário da droga.