PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Polícia prende integrantes de quadrilha especializada em roubo de cargas

A ação de investigação começou dia 9 de novembro, com o roubo de uma carga de gêneros alimentícios na BR-116, nas proximidades do viaduto do Makro, na saída de Fortaleza

16:10 | 01/12/2020
Produtos roubados e recuperados pela Polícia civil (Foto: Foto: Ascom/Polícia Civil)
Produtos roubados e recuperados pela Polícia civil (Foto: Foto: Ascom/Polícia Civil)

Com o mesmo modus operandi em dois assaltos a caminhões realizados na BR-116, no viaduto do Makro, a Polícia desarticulou uma quadrilha especializada em roubos de carga. Um dos suspeitos, José Wesley Rodrigues da Silva, 26, com antecedentes criminais por porte ilegal de arma de fogo e receptação, foi preso em flagrante, nesta segunda-feira, 30 de novembro, no Dias Macedo, quando tentava roubar um caminhão de gêneros alimentícios. O outro homem preso, o comerciante Antônio Juvandise Rodrigues de Lemos, 46, dono de um supermercado no Mondubim, é suspeito de receptação.

As informações foram repassadas na tarde desta terça, 1º, em coletiva na sede da Superintendência da Polícia Civil, no Centro. O delegado Pedro Viana, da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), diz que as investigações começaram em 9 de novembro, quando houve um roubo de um caminhão de gêneros alimentícios no viaduto da BR-116. Nesta segunda-feira, 30, outra denúncia de que o mesmo modus operandi estaria sendo usado: criminosos rendiam o motorista e o ajudante e, como a BR-116 é movimentada, conduziam caminhões para uma rua atrás da BR, enquanto tiravam a carga e colocavam em um carro.

Viana informa que as investigações levaram a um comerciante no Parque Santana, bairro Mondubim, que era responsável pela receptação da mercadoria. As linguiças, achocolatados, embalagens de leite, cafés entre outros produtos, eram roubados e vendidos no supermercado Diva, do comerciante, a um preço bem mais barato. Na ação, uma pistola 380 foi apreendida. “A informação que temos é de que o comerciante encomendava as mercadorias”, afirma o delegado. Os dois suspeitos foram levados à DRFCV. As investigações prosseguem para encontrar outros integrantes da quadrilha.