PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

PF investiga homem que abriu contas em nome do jogador Neymar para receber auxílio emergencial em Fortaleza

Homem também tentou golpe semelhante com nome do ministro Paulo Guedes

07:08 | 27/10/2020
PF em operação (Foto: Divulgação)
PF em operação (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal (PF) cumpriu um mandado de busca e apreensão contra um homem investigado por fraudar contas em nome do jogador Neymar da Silva Santos Junior. Uma das contas seria para receber o auxílio emergencial do Governo Federal, conforme a PF. Ação foi na manhã desta terça-feira, 27, em Fortaleza.

O objetivo do mandado é corroborar com provas o inquérito que investiga fraudes na abertura de contas na Caixa Econômica Federal para recebimento fraudulento do auxílio emergencial do Governo Federal. A Justiça Federal do Ceará expediu a ordem cumprida em Fortaleza, no endereço da residência do acusado. De acordo com a PF, foram apreendidos documentos e mídias. O material será submetido à perícia técnico-científica.

A investigação aponta que o homem abriu duas contas utilizando os dados do jogador Neymar e cadastrou, por meio de um celular, os dados para recebimento do auxílio emergencial. Nos meses de abril e maio, consta que houve recebimento de benefício do auxílio emergencial aprovado em nome do empresário Luciano Hang e transferido para a conta fraudulenta em nome do jogador.

Em nota, a PF diz que a investigação apurou também que o homem tentou ainda aplicar golpe semelhante utilizando o nome do atual Ministro da Economia, Paulo Nunes Guedes, e logrou êxito em cadastrar diversas pessoas para o recebimento de auxílio emergencial cujas parcelas foram por ele sacadas. "O investigado e quaisquer outros partícipes das fraudes contatadas na investigação responderão pelos crimes de estelionato majorado, falsificação de documento público, uso de documento falso e organização criminosa, na medida de suas responsabilidades", conclui a PF.