PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Governo decreta ponto facultativo no Dia do Servidor Público, 28 de outubro

Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e atendimento médico-hospitalar estão entre os serviços que funcionarão normalmente na data

15:50 | 21/10/2020
Serviços de saúde de urgência e emergência funcionarão normalmente no Dia do Servidor Público (Foto: JÚLIO CAESAR)
Serviços de saúde de urgência e emergência funcionarão normalmente no Dia do Servidor Público (Foto: JÚLIO CAESAR)

 

O Governo do Ceará decretou ponto facultativo no Dia do Servidor Público para funcionários da administração pública estadual, na próxima quarta-feira, 28. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado nessa terça-feira, 20. Órgãos e Entidades da Prefeitura de Fortaleza e do Estado ainda decidirão como será o funcionamento interno na data. Estabelecimentos privados como postos de gasolina, lojas e supermercados não deixam de funcionar.

Conforme a publicação, é assegurado o funcionamento de serviços essenciais como assistência da saúde de urgência e emergência, socorros urgentes, limpeza pública, fiscalização e orientação de trânsito, segurança e salva vidas. Além disso, serviços de fornecimento de água, Polícia Militar, Perícia Forense, Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), atendimento médico-hospitalar e de ambulatórios médicos especializados que atendem a pacientes com consultas médicas previamente agendadas também funcionarão normalmente. O Sistema de Licitações pertencente à estrutura orgânica da Procuradoria-Geral do Estado terá atividade regular apenas para os procedimentos licitatórios determinado para data.

Outros equipamentos que estarão em funcionalidade normal são os culturais do Estado do Ceará, Central de Atendimento Telefônico da Ouvidoria localizada em Canindé (Central 155), Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), serviço pré-hospitalar do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Ceará (Central 192) e dos serviços relacionados às campanhas de sanidade animal e vegetal executadas pela Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) e pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce).