PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Homem é preso por estupro acusado de ameaçar menina de 10 anos para subir em moto

O crime foi praticado na comunidade Rosalina, no bairro Passaré. A Polícia chegou até a vítima, uma menina de 10 anos e ao homem de 37 após divulgação de imagens nas redes sociais. Suspeito foi preso nesta terça, 25

13:30 | 26/08/2020
Motocicleta do suspeito preso foi apreendida pela Polícia.  (Foto: Foto: Angélica Feitosa)
Motocicleta do suspeito preso foi apreendida pela Polícia. (Foto: Foto: Angélica Feitosa)

Um homem de 37 anos foi preso nesta terça, 25, na casa de parentes, no Conjunto José Walter, em Fortaleza, suspeito de estupro de vulnerável cometido contra uma menina de 10 anos. O crime, que foi registrado por câmeras de segurança, aconteceu no fim da tarde do último dia 20, na comunidade Rosalina, no Passaré.

LEIA TAMBÉM | 664 meninas foram vítimas de estupro no Ceará este ano

Somente após a divulgação dos vídeos, nas redes sociais, a Polícia tomou conhecimento do caso e passou a investigar. O suspeito não tinha ficha criminal e só foi localizado após diligências. Ele foi levado até o Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no Bairro de Fátima.

Segundo o delegado Bruno Ronchi, titular do 16º Distrito Policial, no Dias Macedo, a criança voltava da aula de reforço, nas proximidades de casa, por volta das 17 horas, quando foi abordada por um desconhecido numa moto. Ele perguntou onde seria um determinado bairro e saiu. Numa segunda abordagem, o suspeito fez ameaças mostrando um cabo, que seria de uma arma, e pediu que a criança subisse na moto. Na garupa, o suspeito acariciou as partes íntimas da menina. “Assustada, ela viu uma pessoa conhecida, gritou o nome e pulou em direção à pessoa, ainda com a moto em movimento”, diz o delegado.

Ainda de acordo com Ronchi, a criança contou para os pais sobre o ocorrido no mesmo dia do crime. Os pais, no entanto, não registraram boletim de ocorrência. Após a divulgação do vídeo, a Polícia chegou até a família da menina e a orientou para registrar o B.O. A Polícia também conseguiu localizar o endereço do suspeito, que tinha a moto em seu nome, e fez a primeira abordagem na casa dele, no bairro Rosalina. Após conseguir um mandado de prisão, o suspeito tinha fugido para a casa de parentes, no bairro José Walter e foi localizado na tarde desta terça, 25.

Na versão dos suspeito, segundo Ronchi, é de que ele “queria dar uma carona para uma menina indefesa que estava na rua” e de que a criança teria subido na moto de forma espontânea. E, após poucos metros da garupa, pulou do veículo porque o pai dela poderia ver e achar ruim.

Após o B.O. registrado pela família da criança, apareceu uma testemunha que ratifica os fatos. Uma adolescente de 16 anos conta que, um mês antes, também numa área próxima ao ocorrido, na Rosalina, um motoqueiro se aproximou dela pedindo informações e, em seguida, a abordou “como se fosse uma cantada”, diz o delegado. “Ela não chegou a subir na moto ou encostar nele, mas isso indica a forma dele de abordar”, confirma.