Participamos do

Sexto envolvido na morte de motorista de aplicativo é preso em Caridade neste sábado

O homem, identificado como Osório, foi capturado no município de Caridade, a 95 km de Fortaleza
21:56 | Ago. 15, 2020
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O sexto e último suspeito de envolvimento na morte do motorista de aplicativo Alexandre Hadlich Fernandes, 32, foi preso na noite deste sábado, 15, pela Polícia Civil do Ceará. De acordo com o titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, em publicação no Twitter, o homem identificado apenas como Osório foi capturado no município de Caridade, a 95 km da Capital. Outros cinco suspeitos já haviam sido presos na sexta-feira, 14. 


De acordo com as investigações, o suspeito seria o autor dos disparos contra Alexandre. O grupo praticava roubos a motoristas de aplicativo há pelo menos cinco meses na Capital. O objetivo era revender as peças dos veículos. A Polícia apreendeu ainda dois carros, dois sons automotivos, um bloqueador de sinal GPS e uma arma de fogo calibre 38 - possivelmente utilizada na execução da vítima.

LEIA MAIS - Esposa do motorista de aplicativo, encontrado morto, narrou sofrimento pelo Instagram

O caso

Segundo apurações, o grupo solicitou uma corrida pelo aplicativo InDriver a partir do bairro Maraponga, em Fortaleza. Assim que Alexandre parou o veículo, foi rendido. Os suspeitos teriam exigido que o motorista fosse para o banco de trás. Nesse momento, Alexandre teria reagido e foi atingido por disparos de armas de fogo.

Alexandre estava desaparecido desde a segunda-feira, 10. Na última quarta-feira, 12, a companheira de Alexandre informou, através das redes sociais, que o corpo do motorista foi encontrado. Ele foi cremado e parte de suas cinzas seriam enviadas ao Paraná, onde moram seus pais. 

 


 

 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags