PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Justiça converte prisão de tenente suspeito de pagar para matar esposa de flagrante para preventiva

Decisão afirma que não foi comprovada alegação de que o suspeito teria câncer e que ele permanecerá preso. A defesa diz que há documentos que mostram que o tenente tem câncer e que vai pedir liberdade provisória

Jéssika Sisnando
19:55 | 31/07/2020
veículo foi danificado durante a ação criminosa  (Foto: Arquivo pessoal )
veículo foi danificado durante a ação criminosa (Foto: Arquivo pessoal )

A 1ª Vara da Comarca de Baturité converteu de flagrante para preventiva a prisão dos homens apontados pela Polícia Civil como mandante e executor da tentativa de feminicídio que ocorreu na última segunda-feira, 27, na cidade do interior do Ceará. Um tenente da reserva da Polícia Militar (PM) suspeito de pagar para matar a própria esposa e o homem apontado como responsável por executar o crime haviam sido presos em flagrante, mas ambos tiveram as prisões convertidas em preventivas. A decisão é da quinta-feira, 30.

Conforme o a decisão obtida pelo O POVO,  com o objetivo de evitar infrações penais cometidas pelo agente de segurança, há uma medida cautelar de suspensão do porte de arma de fogo, que deve permanecer até a liberação do juiz.

Conforme documento, as alegações de que o tenente seria portador de câncer, anexada ao autos, não teriam sido constatadas. O suspeito teria nódulos no pulmão, mas não carcinoma. Também não menciona a existência de tratamento e de supostas sessões de quimioterapia, portanto, não é possível afirmar que se enquadra no grupo de risco.

O tenente passou mal e foi encaminhado ao hospital nesta sexta-feira, 31. Procurado pela reportagem, o advogado do oficial da reserva, Oswaldo Cardoso, afirmou que ele tem câncer e é do grupo de risco. Ele afirma que possui documentos que comprovam a doença e os respectivos tratamentos e que a defesa vai entrar com o pedido de liberdade provisória, pois não há indícios que foi ele o autor do crime. A defesa afirma que o preso não oferece risco à sociedade.