PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Instalação de novo cilindro após explosão do anterior preocupa vizinhos de fábrica em Fortaleza

Ocorrendo na última semana, o incidente deixou uma pessoa ferida e atingiu residências vizinhas à fábrica de refrigerantes Mais Sabor, no bairro Vila União

Gabriela Almeida
18:56 | 24/07/2020
Moradores flagram o momento em que empresa instala novo cilindro (Foto: Divulgação)
Moradores flagram o momento em que empresa instala novo cilindro (Foto: Divulgação)

A fábrica de refrigerantes Mais Sabor, localizada no bairro Vila União, em Fortaleza, recebeu novo cilindro de gás nesta sexta-feira, 24, após o recipiente anterior ter provocado explosão na última semana, deixando uma pessoa ferida e atingindo residências vizinhas. A instalação do novo equipamento preocupou moradores da região, que chegaram a realizar um abaixo-assinado contra o ato.

Uma das moradoras, que, a pedido, não será identificada, afirmou que a fábrica não prestou informações necessárias à comunidade sobre a instalação do novo cilindro. De acordo com ela, vizinhos chegaram a realizar manifestação durante a troca do material, receosos de que o recipiente gasoso possa tornar a colocar em risco as famílias que moram próximo ao estabelecimento.

Motivados por esse receio, moradores elaboraram ainda um abaixo-assinado contra a fábrica, planejando enviar o documento a autoridades competentes, como ao Ministério Público do Ceará (MPCE). No documento, os moradores da região solicitam que a empresa deixe de funcionar no local, evitando que explosões tornem a acontecer.

"Em razão do enorme potencial de devastação e morte da explosão ocorrida na fábrica, que se alastrou assustadoramente pela vizinhança, a comunidade local, temerosa por suas famílias e por suas moradias, vem se manifestar para que a referida fábrica, ou qualquer outro empreendimento similar, seja proibida de funcionar no local", pedem moradores no abaixo-assinado.

Procurada pelo O POVO, a Mais Sabor rebateu as acusações e afirmou que prestou informações à comunidade. Estabelecimento ainda frisou que o recipiente é fundamental para a fabricação dos refrigerantes, devido ao fornecimento do dióxido de carbono (CO2), e que por isso a instalação se torna necessária.

De acordo com a empresa, representantes estiverem em reunião com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado (CBMCE), no inicio desta semana, onde conseguiram permissão para que o novo recipiente fosse instalado no local.

Ainda segundo a fábrica, foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a instituição para que a empresa conseguisse seguir operando na região de forma segura. Dessa maneira, o processo de instalação teria sido monitorado por engenheiros, sendo feito "sob legalidade".

O tenente-coronel Wagner, comandante-adjunto do serviço de engenharia do CMBCE, confirmou ao O POVO que houve a reunião e explicou que o TAC implica em adaptações de segurança feitas pela fábrica. O estabelecimento tem agora o prazo de 15 dias, a contar do acidente, para reajustar mecanismos interiores, deixando o local preparado para casos de incêndio.

O coronel informou ainda que a instituição deve receber relatório sobre a instalação do recipiente, garantindo que ele esteja seguro para uso. Ao final do prazo, agentes do CMBCE retornam ao local e realizam vistoria, dando ao espaço certificado de aprovação ou interditando ele, em caso de não cumprimento do termo.

Relembre o caso

O incidente aconteceu por volta das 2h30min da última sexta-feira, 17. Pessoas que residem próximo à fábrica ouviram um estrondo muito alto, como se algo houvesse explodido, e passaram a relatar o caso nas redes sociais.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e constatou a explosão no estabelecimento. De acordo com primeiras apurações das equipes que estiveram no local, o incidente teria sido causado por um cilindro de gás de uma caldeira e dois transformadores de energia da fábrica.

Na ocasião, a explosão foi tão forte que residências vizinhas à fábrica chegaram a ser atingidas, apresentando rachaduras como consequência do impacto. O asfalto próximo ao local também foi prejudicado, ganhando fissuras, e a parte traseira do estabelecimento foi danificada.  

Um funcionário da empresa, que estava presenta na hora do incidente, foi ferido e uma moradora próxima ao local teve de ir para o hospital devido ao susto. De acordo com informações do tenente-coronel Wagner nesta sexta-feira,  equipes investigam a hipótese de que uma peça tenha se soltado do cilindro e provocado a explosão, mas a perícia ainda não foi concluída.

Confira imagens da explosão:

Clique na imagem para abrir a galeria