PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Comandante da Força Nacional pede para entrar na reserva da PMCE

O coronel Aginaldo está como coronel há quatro anos. Ele se mudou para Brasília depois que assumiu a Força Nacional, em janeiro de 2019

Jéssika Sisnando
12:12 | 20/06/2020
Coronel Aginaldo está na Força Nacional há quatro anos (Foto: Divulgação)
Coronel Aginaldo está na Força Nacional há quatro anos (Foto: Divulgação)

O coronel Antônio Aginaldo de Oliveira, diretor da Força Nacional de Segurança, pediu para entrar no quadro da reserva da Polícia Militar do Ceará (PMCE).

Em uma mensagem de agradecimento, o oficial afirma que foram 33 anos prestados ao povo cearense.

O coronel Aginaldo está como coronel  quatro anos. Ele se mudou para Brasília depois que assumiu a Força Nacional, em janeiro de 2019.

Na sexta-feira, 19, no Boletim do Comando Geral, foi publicado início do processo de reserva remunerada.

Apesar da saída do general Guilherme Teophilo, que era secretário nacional de Segurança Pública do Governo Bolsonaro, e do juiz Sergio Moro, o coronel Aginaldo segue na Força Nacional e afirmou, ao O POVO, que vai permanecer em Brasília.

Cearense e nascido no município de Alto Santo, no Ceará, o coronel PM Antônio Aginaldo de Oliveira, comandante do Batalhão de Policiamento Especializado (BPE) da Polícia Militar do Estado do Ceará, foi o primeiro nordestino a assumir o comando da Força Nacional (FN).