PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Criminosos aproveitam menor fluxo de pessoas nas ruas e furtam veículos em Fortaleza

Foram 18 carros e motos recuperados no último fim de semana. Diante do cenário, O POVO listou algumas dicas para prevenir roubos e furtos de veículos

Jéssika Sisnando
18:48 | 13/05/2020

Com o lockdown em Fortaleza, o número de pessoas nas ruas diminuiu e áreas residenciais registraram fluxo menor de pessoas. Neste cenário, criminosos aproveitaram para furtar veículos. Em resposta, somente no fim de semana passado, entre sexta-feira, 8 e o domingo, 10, a polícia conseguiu recuperar 18 carros e motos.

O relatório de ocorrências da sexta-feira, dia 8, mostra que uma motocicleta foi roubada no bairro Granja Portugal. Outros seis veículos roubados foram localizados nesse dia nos seguintes bairros: Granja Lisboa, Antônio Bezerra, Granja Portugal, Jardim América e Jangurussu.

No sábado, 9, houve roubo de veículo no bairro Parque Dois Irmãos. No mesmo dia sete veículos roubados foram localizados nos bairros do Vila Belha, Conjunto Ceará, São João do Tauape, Granja Lisboa, Pacatuba e Planalto Pici.

No domingo, 10, um carro foi roubado na avenida Francisco Sá, no bairro Álvaro Weyne, outro carro roubado na Lagoa Redonda. No mesmo dia, cinco veículos roubados foram localizados.

LEIA TAMBÉM | Polícia prende suspeitos de integrar grupo que roubava motos de entregadores de delivery no Ceará

O POVO separou dicas para se prevenir de furtos e roubos de veículos 

De acordo com o coronel Belline, da Polícia Militar do Ceará, na maioria das vezes em que criminosos roubam veículos, a vítima está esperando alguém dentro do veículo ou está parada olhando o celular. Então, é importante ficar alerta nestes momentos.

No caso dos furtos, os carros atuais possuem chave codificada e há mais dificuldade para roubá-los. No entanto, há veículos mais antigos que não possuem tais ferramentas.

"O ideal é não parar em locais ermos e escuros e como as ruas estão com menos pessoas, caiu o número de veículos nas ruas em 60% e essa diminuição gera no 'bandido' a sensação de poder fazer. Quando há mais gente nas ruas, o 'bandido' tem medo que alguém ligue para a Polícia, que alguém grite", explica Belline.

Outro alerta é para pessoas que optam por não colocar os carros da garagem e deixam os veículos na rua. Nessa situação, há criminosos que costumam observar a movimentação em bairros residenciais para verificar o momento mais oportuno de furtar o veículo, seja moto ou carro.

Por último, em caso de roubo ou furto de veículo, é importante comunicar à Polícia por meio do 190. Atualmente, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social trabalha com ferramentas de tecnologia e câmeras que captam o tráfego de veículos e resultam na apreensão dos veículos.