PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Em Fortaleza, 243 mil pessoas já foram imunizadas contra H1N1, H2N3 e Influenza B

O número total de vacinados representa dois terços do público alvo da campanha, segundo prefeito Roberto Cláudio

Júlia Duarte
12:34 | 31/03/2020
 Novo lote de vacinação deve chegar na próxima semana à Capital (Foto: Thais Mesquita/O POVO)
Novo lote de vacinação deve chegar na próxima semana à Capital (Foto: Thais Mesquita/O POVO) (Foto: Thais Mesquita)

Fortaleza bateu a meta de vacinação e imunizou cerca de 243 mil pessoas contra H1N1, H2N3, e influenza B entre idosos com mais de 60 anos e profissionais da saúde. O resultado positivo utilizou doses do primeiro e do segundo lote de vacinas, em uma semana. Só entre o sábado, 28, e a segunda-feira, 30, 103 mil pessoas foram imunizadas.

Segundo o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, em entrevista na manhã desta terça-feira, 31, o número total de vacinados representa dois terços do público calvo da campanha. A expectativa do prefeito é que antes do prazo final, 15 de abril, o restante da população focado nessa fase da campanha seja imunizado.

Leia mais | Em uma semana de campanha, Ceará já vacinou contra a gripe 36,4% do público alvo

A Secretaria Municipal de Saúde prevê que o terceiro lote chegue na próxima semana. Cerca de 40 mil pessoas estão no próximo grupo a ser vacinado: pessoas com mais de 80 anos e os idosos com idade entre 60 a 79 anos que estejam acamados, por doença temporária ou permanente.

A rede de atendimento funcionou em 113 postos de saúde, escolas municipais indicadas e pelo Drive Vacina. Entretanto, a partir desta terça-feira, 31, a vacinação será exclusivamente de forma domiciliar, O serviço pode ser solicitada pelo site ou pelo telefone WhatsApp (85) 99989 4799.

A vacina em casa é realizada por enfermeiros e técnicos de enfermagem da Prefeitura, que fazem toras diárias. A ordem de atendimento é baseada nos endereços solicitados e na definição dessa rotas, agrupando por proximidade geográfica. 

No Ceará, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa), a campanha já vacinou 35,8% do idosos e 39,8% dos profissionais de saúde, que são o público alvo.