PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Presos seis suspeitos da morte de agente penitenciário no Papicu

Apenas três acusados haviam sido identificados até o momento

13:33 | 03/03/2020
Polícia Civil identifica seis suspeitos pela morte de agente penitenciário
Polícia Civil identifica seis suspeitos pela morte de agente penitenciário (Foto: Divulgação/SSPDS)

Seis pessoas foram presas por envolvimento na morte de Paulo Vitor Passos Teixeira, 25, agente penitenciário que foi assassinado no último domingo, 1°, no bairro Papicu, em Fortaleza. Informações são da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), que dará mais detalhes em entrevista coletiva realizada na tarde desta terça-feira, 3.

De acordo com primeiras investigações da instituição, Paulo estava em um carro quando foi abordado por homens armados. O agente, que atuava na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Jucá Neto (CPPL 3), foi considerado pela PCCE como vítima de latrocínio, roubo seguido de morte.

Apenas três suspeitos haviam sido identificados até o momento, sendo levados a delegacia após trabalho de busca da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e da PCCE.