PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Dupla de pichadores é detida após ser flagrada por videomonitoramento; veja vídeo

A ação ocorreu, em Fortaleza na tarde de domingo, 16, na divisa dos bairros José Bonifácio e Bairro de Fátima.

Alan Magno
23:27 | 17/02/2020

Na tarde deste domingo, 16, dois suspeitos foram detidos em flagrante pela Polícia Militar do Ceará (PMCE) por pichação. Eles estavam em uma construção na divisa entre os bairros José Bonifácio e Bairro de Fátima. A dupla estava pichando quando foi flagrada pelas câmeras de videomonitoramento da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Os operadores da câmera acionaram, por meio da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), a PMCE que realizou a apreensão dos envolvidos. Na ação, quatro sprays de tinta foram apreendidos. Com um dos suspeitos, a Polícia Militar encontrou ainda uma pequena quantidade de maconha. Os PMs realizaram a abordagem dos suspeitos no momento em que os homens montavam na motocicleta para ir embora do local do crime.

Os envolvidos não tiveram suas identidades reveladas, apenas a idade: possuem 22 e 34 anos. Eles chegaram ao local em uma motocicleta e começaram a pichação, primeiro no muro lateral do imóvel e, após alguns minutos, um deles chegou a subir no telhado para pichar a fachada da edificação. Um dos envolvidos estava portando uma bolsa térmica utilizada na entrega de pedidos de comida por aplicativo.

O caso ocorreu na Área Integrada de Segurança 4 (AIS 4), na rua Jaime Benévolo, próximo à avenida 13 de Maio. A ocorrência foi registrada no 11° Distrito Policial (DP), onde foram autuados em um Termo Circunstanciados de Ocorrência (TCO) por crime ambiental.

De acordo com o artigo 65 da lei que rege essa tipologia de crime, é considerado delito pichar ou manchar utilizando-se de outros meios qualquer edificação ou monumento urbano. A pena consiste em detenção de três meses a um ano, e multa. O que detinha a pequena quantidade de maconha foi indiciado também por posse de drogas. Os envolvidos não possuíam antecedentes criminais.

Veja Vídeo: