PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Polícia Civil investiga crime que vitimou gerente de banco no Ceará

Carlos Alberto Silvino Fonseca, de 59 anos, foi morto ma praia do Batoque, em Aquiraz

Jéssika Sisnando
14:36 | 27/01/2020
Amigos e familiares lamentaram a morte de Beto, que era querido por todos
Amigos e familiares lamentaram a morte de Beto, que era querido por todos (Foto: reprodução/Arquivo pessoal )

A Polícia Civil investiga um crime de morte que vitimou o gerente da Caixa Econômica Federal, Carlos Alberto Silvino Fonseca, de 59 anos, na praia do Batoque, em Aquiraz.

Conhecido como Beto, o gerente foi encontrado morto com lesões a faca no interior de uma residência. A Perícia Forense investiga o caso, conforme nota da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

A delegacia Metropolitana do Eusébio, por ser a plantonista, registrou o caso. Denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O órgão garante sigilo e anonimato.

Um amigo de Alberto, nome preservado, informou que ele era uma uma pessoa tranquila e que era amigo de todos. Atualmente, ele trabalhava na Caixa Econômica Federal localizada na Granja Portugal.