PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Motorista da Hilux que arrastou moto na Beira Mar e vítima chegam a acordo "justo" sobre valores

O caso ocorreu no último sábado, 18, na avenida Beira Mar, na Capital. A audiência teve duração de duas horas

17:13 | 21/01/2020
Após colidir com a moto, motorista a arrasta pela via na Beira Mar
Após colidir com a moto, motorista a arrasta pela via na Beira Mar (Foto: Reprodução/WhatsApp O POVO)

Uma audiência de conciliação foi realizada nesta terça-feira, 21, entre o motorista da caminhonete que  arrastou uma moto pela avenida Beira Mar e o dono do veículo danificado. Os envolvidos no caso, que aconteceu no último sábado, 18, chegaram a um acordo. O encontro teve duração de duas horas.

A delegada à frente do caso, Socorro Portela, titular do 2° Distrito Policial (DP), informou em coletiva que a vítima chegou a fazer um Boletim de Ocorrência no dia do ocorrido, mas acabou optando por um acordo e o caso foi encaminhado para o Núcleo Consensual. Ela afirmou que houve um entendimento entre as partes envolvidas durante audiência, e que um orçamento foi levantado para arcar com o prejuízo do dono da moto.

Confira coletiva feita pela delegada titular do 2° DP na íntegra:

A vítima Felipe Luan, que é motorista de aplicativo, afirma que a conciliação foi tranquila e que chegaram a uma decisão "justa" sobre valores. Ele esteve presente com seu irmão e um advogado e pontuou que o motorista da Toyota Hilux com quem brigou estava mais calmo e que “nem parecia o mesmo do dia do ocorrido”. Luan vai usar o valor que vai receber para comprar outra moto e voltar a trabalhar. Ele não especificou a quantidade, mas alegou que saiu "satisfeito, sem nenhuma mágoa".

Um vídeo circulou nas redes sociais mostrando o momento em que a caminhonete passa por cima e arrasta a moto pela avenida. Luan informou que o dono do carro encostou o veículo na sua motocicleta e acelerou, quebrando a rabeta. Ele ainda teria dito que Luan atrapalhava o trânsito, iniciando a discussão que resultou no ocorrido. 

Com informações de Júlia Duarte, especial para O POVO