PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Corpo do professor universitário atropelado na Colômbia chega a Fortaleza na madrugada deste sábado

O velório deve ocorrer às 9h deste sábado na Funerária Ternura, no bairro Aldeota. O enterro está previsto para as 16h no Cemitério São João Batista, em Maranguape

16:04 | 17/01/2020

O corpo do professor universitário João Jaime Giffone Neto, 37, que morreu após ser atropelado na Ilha de San Andrés, na Colômbia, chega na madrugada deste sábado, 18, em Fortaleza. O velório será às 9h deste sábado na Funerária Ternura, no bairro Aldeota. O enterro está previsto para as 16h no Cemitério São João Batista, em Maranguape. As informações foram confirmadas por um amigo da vítima, Caio Mota.

O acidente que vitimou João aconteceu no último dia 6 de janeiro, enquanto ele e seu namorado, Ádamo de Figueiredo Nogueira Mesquita, caminhavam por uma calçada na ilha de San Andrés e um caminhão os atingiu.

Segundo Caio, apesar do sucesso da campanha de arrecadação para ajudar a custear despesas médicas de Ádamo de Figueiredo, a transferência ainda não foi autorizada. “Nós estamos com muita raiva desse seguro porque a gente conseguiu o dinheiro na segunda-feira e estamos esperando até agora eles pagarem a parte que precisam. Eles estão colocando empecilho. Nós já assinamos até um termo de autorização ontem. Agora estamos só aguardando”, desabafa o amigo de Ádamo.