PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Mulher assassinada pelo companheiro no Antônio Bezerra sofria ameaças desde 2018

Ana Angélica Pereira Capistrano, 48, já havia feito um Boletim de Ocorrência mas não retornou no prazo legal para dar prosseguimento aos trabalhos policiais, já que o crime necessita da representação da ofendida

15:00 | 08/01/2020

Vítima de feminicídio nesta terça-feira, 7, no bairro Antônio Bezerra, Ana Angélica Pereira Capistrano, 48, já havia feito um Boletim de Ocorrência de ameaça contra o marido em 2018. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Ana Angélica não retornou no prazo legal para dar prosseguimento aos trabalhos policiais, já que o crime necessita da representação da ofendida. As informações foram confirmadas nesta quarta-feira, 8.

As investigações apontam que o marido da vítima atirou na mulher e jogou o corpo dela para fora do carro na Avenida Coronel Matos Dourado e, em seguida, fugiu. Para capturar o suspeito, equipes do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foram acionadas e abordaram o motorista. Após a ação dos militares em atirar nos pneus do carro, o homem atirou contra si. Carlos Alberto, que foi autuado em flagrante por feminicídio, segue internado no Instituto Doutor José Frota (IJF), sob escolta policial.

Em matéria publicada pelo O POVO, a defensora pública Anna Kelly Nantua destaca que o medo e a desinformação são os principais fatores que levam estas mulheres a ficaram em silêncio.