PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Aeroporto e rodoviária de Fortaleza têm movimento intenso

O POVO ouviu quem vai ou vem de Fortaleza neste fim de ano. Encontros, saudade e preços de passagens mais altos

15:41 | 27/12/2019
NO TERMINAL RODOVIÁRIO Engenheiro João Thomé, são esperadas 60 mil passageiros até o dia 2 de janeiro. 443 viagens extras estão sendo disponibilizadas no período pelas 16 empresas que operam no local. A orientação para os que desejam viajar é comprar bilhetes com antecedência.
NO TERMINAL RODOVIÁRIO Engenheiro João Thomé, são esperadas 60 mil passageiros até o dia 2 de janeiro. 443 viagens extras estão sendo disponibilizadas no período pelas 16 empresas que operam no local. A orientação para os que desejam viajar é comprar bilhetes com antecedência. (Foto: Thais Mesquita)

O movimento nos terminais rodoviários e no aeroporto de Fortaleza, que já era intenso no feriado natalino, continua acentuado nesta sexta-feira, 27. Mais de 348 mil pessoas devem passar pelo Terminal Rodoviário Engenheiro João Thomé e pelo Aeroporto Internacional de Fortaleza Pinto Martins durante os dias que antecedem o Réveillon. Só no Terminal Rodoviário, cerca de 60 mil pessoas são esperadas entre esta sexta-feira, 27, e o dia 2 de janeiro de 2020. Passageiros relataram aumento no preço das passagens nesta época do ano. 

O ajudante de produção Adalberto Neto, 21, viajou durante quatro horas vindo de Sobral para passar o primeiro Réveillon em Fortaleza com a namorada. Ele conta ter boas expectativas para a virada do ano na Capital, porém, destaca que sentiu a alta no custo das passagens. “Em outras ocasiões, já paguei R$ 30, desta vez gastei R$ 39”. Segundo Adalberto, o preço em horário comercial chegava aos R$ 51, mas, como viajou de madrugada, conseguiu pagar menos.

Apesar das 443 viagens extras disponibilizadas pelas 16 empresas do Terminal Rodoviário, a dona de casa Maria José de Oliveira, 58, não conseguiu comprar sua passagem na manhã desta sexta-feira, 27. O destino é Mossoró (RN), onde reside. Por causa da filha e dos tios que moram em Fortaleza, ela vem à Capital todos os anos no Natal, mas a contragosto. “Não gosto de Fortaleza porque é uma cidade muito grande e eu estou acostumada com cidade pequena”, justifica, enquanto aguarda o próximo ônibus chegar.

Maria José, 58, aguardava para embarcar com destino a Mossoró (RN) na manha desta sexta-feira, 27.
Maria José, 58, aguardava para embarcar com destino a Mossoró (RN) na manha desta sexta-feira, 27. (Foto: Thais Mesquita)

A orientação principal para os que desejam viajar é evitar a compra das passagens para última hora, segundo Newton Fialho, gerente da Socicam, que administra o Terminal Rodoviário. “Existem vários meios para comprar a passagem: via internet, via totem de autoatendimento ou em diversos pontos da Cidade. É importante que o passageiro compre sua passagem com antecedência”, afirma.

Movimento no aeroporto tem queda de 30% neste ano

De acordo com a Fraport, responsável pela gestão do Aeroporto Internacional Pinto Martins, entre os dias 20 de dezembro e 5 de janeiro, 288.447 passageiros devem estar embarcando e desembarcando na Capital. No mesmo período do ano passado, o aeroporto recebeu 414.258 passageiros, o que representa uma queda de 30%.

Segundo a assessoria da empresa, a queda de movimentação em relação a 2018 deve-se ao encerramento das operações da companhia aérea Avianca Brasil, em maio, e à pausa das operações diárias da Gol para Miami/Orlando.

O aposentado Cláudio Goiana, 58, tem destino certo para o Réveillon há quatro anos. Ele deixará Fortaleza mais uma vez para rever a filha que mora no Rio Grande do Sul. Cláudio também sentiu no bolso a diferença no preço das passagens aéreas nesta época do ano. “Hoje está em torno de R$ 1.300. Em março, comprei de R$ 690.” Mas quando o assunto é a filha, o pai garante que só economiza se for para falar sobre a saudade. “Melhor não falar não, senão começo a chorar. Mas é muita saudade”, se emociona.

FORTALEZA, CE, BRASIL, 27-12-2019: Fluxo de ano novo no Aeroporto.(Foto: Thais Mesquita/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 27-12-2019: Fluxo de ano novo no Aeroporto.(Foto: Thais Mesquita/O POVO) (Foto: Thais Mesquita)

O estudante João Vitor Magalhães, 20, deve aproveitar o Réveillon em Salvador (BA) na companhia do namorado e de amigos. O jovem, natural de Porto Velho, em Rondônia, investiu R$ 4 mil, considerando apenas as passagens compradas e gastos durante a viagem para o Nordeste. Há três anos, ele decidiu explorar destinos diferentes na virada do ano. Em 2018, escolheu o Rio de Janeiro. “Fiz algumas pesquisas e vi que Salvador era o segundo lugar mais procurado do Brasil para passar o Réveillon”, comenta enquanto aguarda o voo no Aeroporto de Fortaleza.