Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Jovem se finge de gato e mia embaixo da cama para não ser encontrado por policiais civis

O suspeito estava escondido embaixo da cama e ao ouvir a mãe dizer que quem dormia ali era um gato, ele miou para não ser apreendido
18:59 | Dez. 04, 2019
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após um crime de latrocínio (roubo seguido de morte) no bairro Conjunto Esperança, em Fortaleza, nesta quarta-feira, 4, um homem foi ao 19º DP identificando-se como uma das vítimas. No entanto, as imagens  do circuito de segurança mostraram que ele havia participado do crime e acabou preso. O suspeito então acusou outra pessoa, um adolescente, por também ter participado da ação. Quando a Polícia chegou à residência dele, o rapaz fingiu ser um gato para não ser preso. Escondido embaixo da cama, ele chegou a miar.

De acordo com o inspetor Rodrigo Miaggy, na residência, a mãe e a tia do adolescente afirmaram que ele não morava mais ali, e ao serem indagadas sobre quem dormia em uma das camas, as duas responderam que era um gato.  

Neste momento, o policial civil afirma que um miado foi ouvido embaixo da cama. Ao levantar o móvel, o adolescente suspeito estava lá. Ele havia fingido ser o gato e miou para não ser apreendido.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O caso foi encaminhado ao 19º DP e a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). 

Latrocínio foi flagrado por câmeras de segurança 

Um vídeo mostra o momento em que uma dupla armada aborda um automóvel. O motorista do carro acelera em direção à motocicleta e os criminosos atiram e retiram os pertences da vítima.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags