PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Número de inscritos para vestibular do ITA no CE é o segundo maior desde 2009; prova será no próximo domingo

Os estudantes cearenses são conhecidos tradicionalmente pelo elevado número de aprovação em comparação com outros estados do País

12:26 | 28/11/2019
O Colégio Militar de Fortaleza, no Centro, sediará a prova para 1.125 estudantes no Ceará.
O Colégio Militar de Fortaleza, no Centro, sediará a prova para 1.125 estudantes no Ceará. (Foto: Gabriel Gonçalves, em 12/09/2011)

Seguindo a maratona de vestibulares no fim do ano, próximo domingo, 1º, é a vez do exame do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Tradicionalmente conhecido pelo número de aprovações, o Ceará sediará a prova para 1.125 candidatos do Estado, o segundo maior número de inscrições desde 2009. A prova será realizada no Colégio Militar de Fortaleza (CMF), no bairro Centro.

De acordo com o edital da prova, 120 vagas estarão disponíveis para os candidatos, sendo 25 para aqueles que optaram pela carreira militar e 95 para os que escolheram a carreira civil. O órgão ainda respeita a Lei Nº 12.990, de 9 de junho de 2014, que reserva aos negros 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos efetivos e empregos públicos.

O sonho de estudar no instituto faz parte do imaginário de muitos jovens, que algumas vezes acabam mudando de cidade para ter uma melhor preparação para o vestibular. Esse é o caso do estudante Gustavo Lima, 18, natural de Russas, no interior do Ceará. Ele relata que é apaixonado pela área de exatas desde criança e viu uma oportunidade de investir nisso quando recebeu uma bolsa de estudos para fazer o ensino médio em um colégio particular da Capital.

“Lá pelo meio do meu primeiro semestre, ouvi falar de uma turma cujo foco era justamente nas exatas. Me apaixonei imediatamente por aquele mundo que era totalmente novo para mim, com pessoas que compartilhavam o mesmo sonho. Foi a partir daí que decidi que queria entrar no ITA”, conta.

Conhecido por ser um dos exames para acesso ao ensino superior mais difíceis do País, o vestibular exige dos alunos conteúdos do ensino médio com alta profundidade e uma rotina de estudos que cobra bastante dos estudantes. “Normalmente, tenho aulas que começam de manhã, às 7h20min, e seguem até o fim da tarde. Após isso, ainda tiro o resto do dia para estudar e fico no colégio até cerca de 22 horas”, ressalta Gustavo.

No vestibular do ano passado, o Ceará foi estado do País com mais aprovações para carreira militar, com 12 de 25 aprovados, e a segunda unidade federativa em relação à carreira civil, atrás apenas de São Paulo: das 95 vagas disponíveis, 27 aprovados foram cearenses.

Após a prova no próximo domingo, a partir das 18 horas, professores do colégio Farias Brito irão corrigir as questões em transmissão ao vivo no Twitter e Facebook do O POVO.