Participamos do

PM abre sindicância contra soldado que fez comentários sobre o PT nas redes sociais

O PM fez comentários em redes sociais com o tema "Governo do PT massacra trabalhadores do Ceará". As punições resultadas de sindicância podem chegar à demissão do agente
21:34 | Nov. 27, 2019
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) abriu sindicância para apurar a conduta de um soldado chamado Márcio Wescley Oliveira dos Santos, da 2ª Companhia do 22º Batalhão da Polícia Militar (BPM), sobre comentários em redes sociais com o tema "Governo do PT massacra trabalhadores do Ceará". O caso foi publicado no Boletim do Quartel do Comando Geral na última terça-feira, 26. 

Conforme o documento, o subcomandante da Polícia Militar do Ceará designou um tenente para instaurar a sindicância, que será feita nos moldes da Controladoria Geral de Disciplina (CGD). As punições resultadas por sindicância podem chegar até a demissão do agente de segurança. 

O POVO teve acesso ao documento que cita o profissional e pediu informações sobre o caso à Polícia Militar do Ceará (PMCE). No entanto, ainda não houve resposta à demanda. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags