PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Suspeitos de envolvimento em queda de torre de monitoramento no Vila Velha são presos

Na operação, a Polícia Civil também prendeu outros três homens acusados de envolvimento em outros crimes

18:22 | 19/11/2019

Dois suspeitos, um adulto e um adolescente de 16 anos, foram presos acusados de envolvimento na queda de uma torre de monitoramento localizada no bairro Vila Velha, em setembro deste ano. Na operação que resultou nas prisões, na última sexta-feira, 15, a Polícia Civil também prendeu mais três homens acusados de envolvimento em outros crimes. Todos foram encaminhados para o 17º Distrito Policial (DP).

Em depoimento, Michael Jacson Freires da Silva, de 24 anos, e o adolescente, afirmaram que decidiram derrubar a torre porque a presença do equipamento no local iria atrapalhar as "atividades ilícitas" do grupo, que faz parte de uma facção criminosa. De acordo com o delegado Carlos Eduardo Silva de Assis, os suspeitos teriam desparafusado, serrado e, por fim, derrubado a torre.

Os outros três homens, José Yago de Araújo, de 26 anos, Ytalo do Nascimento Almeida, de 19 anos, José Jorge Paulino do Nascimento Filho, de 26 anos, são investigados por crimes de homicídio e tortura. Os dois primeiros, em especial, são suspeitos de participação no homicídio de Rui Gil Cavalcante Alves, de 43 anos. O crime ocorreu em janeiro deste ano, também no bairro Vila Velha.

Dois suspeitos de também integrarem a organização criminosa já foram identificados e são considerados foragidos. São eles: Lucas Pereira Medina, 21, sem passagem pela Polícia; e Alisson Robério Morais Pereira, 29, com antecedente por roubo. De acordo com apurações do 17º DP, Alisson exerce função de chefia dentro da organização e teria partido dele a ordem de derrubar a torre.