PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Novo Centro: rua Barão do Rio Branco terá calçadas mais largas e só uma faixa para tráfego

Prefeitura não pretende fazer desvio para os motoristas durante as obras. Tapumes devem ser instalados para isolar o trabalho dos técnicos. Contudo, uma faixa sempre estará livre para os condutores

Igor Cavalcante
12:27 | 10/10/2019
Cruzamentos da avenida Duque de Caxias com a rua Barão do Rio Branco
Cruzamentos da avenida Duque de Caxias com a rua Barão do Rio Branco(Foto: Julio Caesar/Julio Caesar)

Ciclistas e pedestres terão mais espaço para circular pela rua Barão do Rio Branco, no trecho entre a avenida Duque de Caxias e a rua Doutor João Moreira. Um pacote de intervenção na via foi anunciado nesta quinta-feira, 10, pelo prefeito Roberto Cláudio (PDT). O projeto deve ampliar as calçadas e os espaços destinados aos ciclistas. Para isso, a rua, que tem atualmente duas faixas para circulação de veículos e uma para estacionamento, passará a ter uma para o tráfego e outra para estacionamento. O acréscimo de passeio será de 3,6 mil metros quadrados.

"É um dos corredores comerciais mais importantes Fortaleza e não tem tanto trânsito de carros, mas tem muito (fluxo) de pessoas", afirma o prefeito. De acordo com estudos realizados no âmbito do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (Paitt), durante uma hora, passam 1,8 mil pessoas caminhando pela via, enquanto 800 veículos trafegam pelo local. 

Para atender essa demanda, o Município prevê instalação de novo mobiliário urbano, novos quiosques padronizados para vendedores ambulantes, paraciclos, lixeiras, bancos e jarros com plantas. A iniciativa, coordenada pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) também faz parte do pacote de atividades do Programa de Apoio à Circulação de Pedestres, desenvolvido em parceria com a Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária Global. 

Conforme a Prefeitura, serão instaladas ainda rampas de acessibilidade, além de três novas travessias elevadas e cinco novos pontos de travessia convencional.  As obras são estimadas em R$ 700 mil e devem ser concluídas até a primeira quinzena de dezembro, segundo o prefeito. De acordo com Adail Fontenele, titular da Secretaria Regional Centro, não haverá desvio para os motoristas durante as obras. Tapumes devem ser instalados para isolar o trabalho dos técnicos. Contudo, segundo ele, uma faixa sempre estará livre para os condutores.

 

Novo Centro

As mudanças fazem parte de um projeto maior, o Novo Centro, que pretende modificar o cenário do bairro com obras e ações em seis eixos: habitação, política de apoio a pessoas em situação de rua, turismo e cultura, infraestrutura e mobilidade, ordenamento do comércio informal e segurança e fiscalização.

As ações foram traçadas em conjunto, no Comitê Gestor formado por representantes da Prefeitura de Fortaleza, Câmara de Dirigentes Lojistas e outras entidades de classe, além de moradores e representantes da sociedade civil.

Com informações da Prefeitura Municipal