PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Acusado de crimes em três países e procurado pela Interpol, traficante é preso em Fortaleza

Atendendo a pedido dos Estados Unidos (EUA), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edison Facchin determinou a prisão para extradição do estrangeiro

Igor Cavalcante
11:30 | 23/09/2019
Polícia Federal
Polícia Federal(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O narcotraficante colombiano Guillermo Amaya Ñungo foi preso na última terça-feira, 18, em Fortaleza. Ele é acusado de cometer crimes em pelo menos três países. O criminoso era buscado pela Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) e havia fugido para o Brasil. 

Atendendo a pedido dos Estados Unidos (EUA), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edison Facchin determinou a prisão para extradição do estrangeiro. Detido no Ceará, o homem agora aguarda decisão da suprema Corte brasileira sobre seu destino. Além de acusações na Colômbia e nos EUA – para onde deve ser extraditado –, Ñungo era processado também na Nicarágua. Ele seria também ex-guerrilheiro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).