PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

Recorte analisa dados do Anuário de Segurança Pública e assassinatos por intervenção policial

No Recorte desta quarta-feira, 11, os jornalistas Ítalo Coriolano, Maísa Vasconcelos, Demitri Túlio, Carlos Mazza e Lucas Barbosa comentam sobre os dados que mostram uma redução da quantidade de crimes violentos no Ceará

SAMUEL PIMENTEL
18:35 | 11/09/2019

Os assassinatos no Ceará caíram 10% no ano passado em comparação com 2017, mas mortes por intervenção policial cresceram no período. A informação é do Anuário de Segurança Pública, que registrou aumento de 39% no número de ações policiais letais. Ao mesmo tempo, foram presas cinco pessoas por dia acusadas de porte ilegal de arma de fogo entre janeiro e julho.

As Mortes Violentas Intencionais (MVI) significam homicídios dolosos, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte e mortes decorrentes de intervenção policial. O levantamento foi realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Esse episódio do Recorte discute a que se deve esse êxito nas apreensões e redução na violência e por que a violência policial aumentou no mesmo período. Participam da discussão os jornalistas do O POVO Demitri Túlio, Carlos Mazza e Lucas Barbosa.

Listen to "#143 - Menos assassinatos, mais mortes por intervenção policial no Ceará" on Spreaker.

Com episódios de segunda a sexta, o Recorte traz informações sobre assuntos relevantes de cada dia para os ouvintes, com participação de repórteres e editores da Casa. Para ouvir, basta acessar as principais plataformas de streaming de áudio, como Spotify, Deezer, Spreaker e agregadores de podcasts no Android e iOS.

Disponível em outras plataformas RSS feed: http://bit.ly/recortfeed

Assine o podcast no iTunes (e avalia a gente): http://bit.ly/recortrssapple

Segue a gente no Spotify: http://bit.ly/recortspotf

Segue a gente no Deezer: http://bit.ly/recotdeez